6 de fev de 2019

É mal dos cansados espalhar desamor


É mal dos cansados espalhar desamor. As paixões são deixadas de lado e a sobrevivência ocupa lugar de maior importância. Somos só crianças crescidas, vagantes. Estamos no limiar do tempo, e se não nos deixarmos endurecer, algo fortuito baterá em nossa porta. 
Porque se aprendi algo, é que coisas são importantes, mas pessoas são essenciais. E a vida é passageira errante e imprevisível. Quando menos esperamos ela salta do trem. Você já disse eu te amo hoje? Você já disse, minha vida é melhor por causa de você? Você já devolveu pra alguém o tanto que ela te dá? 
É mal dos cansados desacreditar no amor. Tenha fé. Se não houver amor em parte alguma, ainda haverá ‘nós’, sejamos sementes. Descansemos dos dias maus para voltar a acreditar... Descansemos da frieza para voltarmos a nos aquecer. Pois,  Enquanto estivermos aqui, há de existir esperança.
#UmTextoPorDia
#365Dias&Palavras

Um comentário:

  1. Sempre muito bom estar aqui acompanhando as suas postagens!Essa veio de encontro ao que tenho conversado diariamente com o meu grupo de estudos!
    Um ótimo final de semana! Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados