28 de jan de 2019

Se eu ficar deixo de ser eu


Começa aos pouquinhos, nos pedindo pra ser menos, nos moldando feito massa de modelar. Quando a gente percebe já não sabe mais quem é. E a singularidade do nosso ser é levada embora.
Olho para o espelho e não reconheço quem está por trás da imagem. Mas quero conhecer. Quero recomeçar esse relacionamento. – Olá, meu nome é Juliana e eu sou você.
Se tem uma coisa que tenho certeza é que tem gente que nos devolve e tem gente que nos rouba. É preciso distância de quem nos rouba, para que possamos juntar pedaços e agregar valor. Por isso parto. Parto como quem nasce pra dentro de si e explode mundo afora. 
Se eu ficar vou me diminuir cada vez mais até caber no espaço que me foi designado. Tenho medo de um dia ter diminuído tanto que terei desaparecido. Não! Não posso... Sou ave que desbrava infinitos. Não sei caber em parte alguma, eu só sei ser. 

#UmTextoPorDia
#365Dias&Palavras

0 comentários:

Postar um comentário

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados