23 de jan de 2019


Esse mundo tá tão amargo e injusto, que, por vezes, me falta inspiração. Ainda assim escrevo. Depois procuro uma imagem que transmita a ideia das palavras. Tento postar no blog na formação certa. Corrijo. Às vezes posto sem corrigir e depois me deparo com um erro de pontuação, ou algum outro erro qualquer. 
Tudo bem, eu mesma já sou um erro crasso. Por vezes, escrevo em guardanapos, rascunhos, na mão e atraso as publicações. Mas esse nem é o maior problema. 
O problema é o sentimento da letra. A paixão. O poeta, escritor ou um amador (feito eu)precisa se encher do que é bom. É assim que olhamos pra lama e conseguimos ver beleza, encontramos poesia nas coisas mais tolas da vida. Isso nos ajuda a suportar os dias ruins. Mas há dias que a inspiração não vem.
Então escrevemos sobre nossa incompetência, sobre o vazio, sobre não saber o que escrever. Hoje é um dia assim... Há tinta na caneta , mas não há alma nas mãos.

#UmTextoPorDia
#365Dias&Palavras

0 comentários:

Postar um comentário

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados