17 de out de 2018

Meu pesadelo

"And I don't know where to look
My words just break and melt
Please just save me from this darkness" Snow Patrol

Sonhei que as pessoas estavam cegas de ódio e rancor. Elas espalhavam o caos e o medo e criavam o mal estar social, sobre o qual Freud falou.
Palavras de ordem eram gritadas pelos 4 cantos do mundo, um rio de águas turvas se espalhava por toda parte e os sonhos morriam nas margens.
Cegos se acotovelam e eram guiados por um cego com voz mais forte e audível pra beira do precipício. Pessoas se transformavam em animais selvagens, conforme passava o tempo e se matavam.
Sonhei que o sol escureceu e a noite não tinha lua, ou estrelas. Os poucos que enxergavam não sabiam o que fazer e eram fortemente atacados pelos cegos, que achavam que os cegos eram os demais. A tristeza pairava no ar e a desesperança.
Patinhos nadavam pacientemente alheio ao caos, não obstante, aves de rapina espreitavam aguardando o momento de arrancar os olhos daqueles que podiam ver. Lendas eram contadas na tentativa de se explicar o feitiço que convertera seres humanos em selvagens, cegos ou perdidos. Mas a verdade, essa estava perdida em algum lugar... E não importava mais, porque nesse pesadelo que tive, não havia nenhum mocinho ou herói capaz de nos tirar do mais escuro e denso breu...


0 comentários:

Postar um comentário

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados