1 de jun de 2017

Permanecendo

A chuva leva embora o que não pode ficar.
Eu permaneço.
Sou a metade poesia que a água não levou.
Sou inteiramente incompleta.
O grito abafado no escuro.
Mas permaneço!

Enquanto ouço a canção,
Enquanto tento existir.
Eu permaneço.

Um comentário:

  1. E hás de permanecer muito tempo...Linda poesia e inspiração! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados