26 de set de 2016

Vem



Vem entorpecencia esperada.
Suave olor do paraíso.
Solape as dores
Nesse abraço de quimera.
Nessa doce consolação dos tempos.
Nesse rito de espera.

9 comentários:

  1. Gostei :)

    r: Fico contente por teres gostado

    ResponderExcluir
  2. E que essa espera valha a pena :)

    Beijos e se cuida
    Bom final de semana

    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que vale?

      Beijo e se cuida
      Bom final de semana tbm

      Excluir
  3. Boa tarde, maravilhoso poema curto e objetivo, escreveu o mesmo com a consolação do tempo.
    Bom domingo,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada AG.
      É sempre tão doce quando os leitores sentem o poema tal qual escrevo.

      Milhões de beijos

      Excluir
  4. Se a entorpecência vier mesmo, se acontecer mesmo o rito de espera, talvez você desperte com um beijo da vida. Isso será legal. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre legal quando para de doer, quando sentimos a calmaria e somos libertados. Bem legal. Beijo

      Excluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados