25 de set de 2016

Para sempre...


Das coisas que persistem além do tempo.
Das limitações geográficas.
Além do ser...
O caminho que escolhemos
Não nos pode separar.
Não se separa duas almas,
Que vivem dentro de alguém.
Que importa a imensidão?
Que importa os abismos a saltar?
Em qualquer lugar.
A qualquer hora.
Estejamos com quem estivermos.
Não nos perderemos.
Nós sabemos.
E basta-nos saber!
Estamos um no outro,
E isto é para sempre...

6 comentários:

  1. Lindo quando assim ´pe, pra sempre! bjs, ótima semana! chica

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu olho as palavras ‘para sempre’ meio de lado. Particularmente, penso que não basta saber. Como seria bom ser, né? Mas a poesia é muito bonita. É uma confissão e uma declaração muito fortes. Você escreve bem à beça. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acho que vc esteja errado não. Ser é tão importante quanto saber. O 'pra sempre'cobra um preço e ele é alto. Mais alto que solo de soprano.
      Agradeço por achar beleza nas minhas palavras. beijo

      Excluir
  3. Que lindo! Amei! Sem palavras.
    Parabéns!

    Sempre há um jeito, uma nova chance!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Melhor coisa é deixar uma leitora sem palavras.

      Beijos

      Excluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados