7 de jun de 2016

Depois do fim



Depois que anoiteceu o dia.
Depois que a canção emudeceu.
Depois que a magia feneceu.
Cessou o riso e a poesia.

Houve um silêncio profundo. 
Houve tristeza e pesar.
Ave sem asa e sem lar.
Canto perdido no mundo.

Depois que o amor se desfez,
Jaz a promessa do eterno
No frágil fio da lembrança. 

Um salto do céu ao inferno, 
O fim de toda esperança 
Na fé do "era uma vez".


Juliana Lira

Um comentário:

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados