1 de ago de 2015

Resenha: Sr Daniels



Título: Sr. Daniels 
Autora:
Páginas: 322
Editora:Record
Avaliação: 5 estrelas + Favorito
Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.



Já faz um tempo que o blog estava  parado, as atualizações quase sempre eram de posts já publicados e mesmo as resenhas ficaram suspensas.  Mas estou feliz em dizer que estamos de volta, eu , o reticências e o encantamento que as palavras trazem pra todos nós. E gente, que maravilha retomar as resenhas com esse livro. Uma das leituras mais bonitas que fiz esse ano. Mais tocantes.  E agora vou contar a vocês os meus porquês.

“Vivo. Quero estar vivo, e não tenho nem ideia do por quê, vendo quão horrível é a vida às vezes”

 

Esse poderia ser um livro sobre band aid do coração. É... Porque fala de machucados e as formas como os personagens usam pra aliviar a dor, curar a dor, disfarçar a dor. Alguns enfrentando sem medo, mas a maioria fugindo.Fingindo que não ver o que machuca, se fechando em seus mundos particulares.

" [...] Fingir ser feliz é quase como ser feliz. Até você lembrar que é apenas fingimento. Então você fica triste. Realmente triste. Porque usar uma máscara todos os dias da sua vida é a coisa mais difícil do mundo. E depois de um tempo, você tem um pouco de medo porque a máscara se torna você."
Esse é um livro sobre amizade. Aquelas que deixam saudade e nos faz querer mais e mais, mesmo quando esse mais é só lembrança de palavras deixadas em uma caixa ou de abraços entre lágrimas e bebidas em uma festa qualquer. E aquelas que a gente encontra nos momentos que mais precisa. Inesperadamente.


"Sabe aquelas pessoas que você poderia passar anos sem ver e quando finalmente fica junto parece que passou pouco tempo? Segure-se a essas pessoas".

Esse também é um livro sobre o amor e as formas encantadoras que ele tem de pegar a gente de jeito e nos colocar nos trilhos.

"Antes dela, eu nunca soube o que era viver. Depois dela, eu nunca saberia o que era a morte."


Ashlyn é uma jovem estudante de 19 anos, leitora e escritora, apaixonada por Shakeaspeare, drama, e que tem sua parcela de dor pra cuidar. Acabou de perder a irmã gêmea para  um câncer , sua mãe praticamente a expulsou pra morar com o pai e ela tem qualquer coisa menos uma relação de pai e filha com seu pai, omisso e distante.
Entretanto, nessa mudança de casa e ares ela conhece pessoas que mudarão para sempre sua vida. Daniel Daniels é uma dessas pessoas, um cara tão quebrado que por vezes tudo o que eu quis foi colocar ele nas mãos e juntar os pedaços.  Um cara lindimais!!!! De alma escandalosamente poética e muitas facetas, músico na banda Quest Romeo e professor (Caramba, gente! Vou sair com cartazes em protesto pelo direito de existirem homens e amores como esse).



“Ele não vai te dar de volta. Você sabe. Seu coração (...) Porque quando um cara fica com um coração como o seu, ele mantêm essa merda para sempre”
 

Fogo é ele ser o professor dela na escola, mas nem vou falar das impossibilidades desse amor, não quero soltar spoiler. E ando mais prática, sabe? Hoje acho que o único amor impossível é aquele que não estamos dispostos a lutar por ele e pagar o preço.  Além do mais, esse livro é mais que uma história de amor.
Vocês precisam conhecer os personagens secundários  que simplesmente assaltaram algumas das cenas em que apareceram. Conheçam o Ryan, enteado do pai de Ashlyn e uma das amizades que a protagonista faz, sabe aquela frase publicitária da Boticário: “Eu acredito na beleza”? Esse personagem é beleza pura! Que alma bonita! Eu me emociono só de lembrar. #SouDessas #MeJulguem
 
… Talvez um lar não fosse um lugar específico. Talvez as pessoas com quem estamos é que nos façam sentir como se pudéssemos ser quem quiséssemos. Talvez lar fosse amizade.”

Para não me estender não vou falar dos outros personagens , mas vale citar rapidamente a irmã gêmea Gaby e suas cartas, Hailey , Henry um pai cheio de arrependimentos e  o irmão PROBLEMA do Daniel.
Cada capitulo começa com um trecho de musica da banda do Daniel. Quest Romeo, as musicas são inspiradas na obra de Shakespeare. Eu cresci lendo Shakespeare, fui forjada num drama, Então... Adorei isso!
Ao longo do livro a autora trata sobre preconceito, Bullying, orientação sexual, relacionamentos, superação e um amor romântico. É difícil não se envolver com as perdas, com os segredos e com a superação dos personagens.  Li diversas opiniões sobre o livro, alguns odiaram os trechos de Shakespeare, outros o romance tão apaixonado, outros o lance ético. Contudo, cada uma dessas coisas e mais um monte que eu não mencionei aqui me fizeram amar esse livro.

"Eu não quero ser seu amigo. Quero ser seu, quero que você seja minha, e odeio não podermos ser "nós". Porque acho que fomos feitos para ser " nós"
Esse ultimo quote lembra textos que já escrevi aqui no blog. Recomendo MUITO pra quem se envolve com os personagens e quem tem apreço por uma história de amor e de amizade com doses de drama. É lindo e vale a pena.



5 comentários:

  1. Que livro bacana, ele me conquistou kk, parece com a menina de PLL com o Erza kkk, gostei muito do livro queroo leer!
    Beijooos
    http://onlypoison1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Esse parece ser um bom livro, chamou minha atenção até porque lembra um pouco a Aria e o Ezra de PLL, você conhece?
    Beijos e até logo

    www.carinapontesss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oie Lili, tudo bom?
    Sabe que eu só quero ler de tanto que vocês falam né? Não sou fãzoca de romances e tenho uma impressão de que não vou gostar, mas vou juntar dindim para comprar! Livros que falam, além do romance, de superação e amizade já tem pontos a favor para mim, espero que eu me surpreenda!
    Ó, não some do blog <3
    Beijão
    http://sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii!

    As vezes eu fico supeeer corrida e dai paro de postar também. Fico feliz com sua volta!
    Eu AMEEEI esse livro <3
    Foi um dos mais bonitos que li, achei de uma beleza unica a escrita envolve e eu terminei com lagrima dos olhos.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. Vi muita gente falando do livro e fui procurar e me apaixonei totalmente pela sinopse ja senti até cheiro de intriga, ja coloquei na minha lista ja foi até pro topo. Me lembrou o Ezra e a Aria de PLL <3
    http://chanoinverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados