7 de mar de 2014

O meu firmamento era os teus olhos


Meu ninho sempre foi o céu,
Tire esse olhar acusador de mim.
A vida é essa fina linha,
E eu estou me atando a ela.

Mas eu tentei!
Aninhei-me em teus braços,
Mudei meu curso,
Parei os voos...

O meu firmamento era os teus olhos
E eu estava presa por vontade
Enquanto quisesse me prender

Onde estava quando te dei minhas asas?
Quando meu coração se rendeu?
Tão ocupado soltando as amarras!
Desatando o nosso nós...

O meu lugar era na palma de tuas mãos,
E você abriu mão.

Um comentário:

  1. Adorei a poesia!
    Eu gostava de escrever poesias e lembro que escrevi uma vez uma sobre 'Azul', não lembro o contexto dela, mas foi um nome que me marcou.
    beijos e parabéns
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados