14 de abr de 2013

Resenha: A Ordem Perdida


A Ordem Perdida
Autor: Gabriel Schmidt
Edição: 1
Editora: Novo Século
Ano: 2013
Páginas: 168




Um mundo de mitologia, aventuras e magia. Foi isso que A ordem Perdida me trouxe. É uma estória encantada, nela somos apresentados a origem dos mundos, deuses e seus poderes fantásticos, seus filhos em treinamento em uma escola para filhos de deuses e uma luta constante entre o bem e o mal. Seis jovens estão começando nessa escola, seis jovens se lançam numa missão que não podem falhar: resgatar a ordem perdida, para que o equilíbrio de todos os mundos não seja quebrado. É uma aventura cheia de perigos e descobertas.

Esse é o primeiro livro de uma série de 7 que juntos formam a saga dos Yethis.  O Gabriel, autor do livro, tem uma imaginação incrível. Dentre os filhos dos deuses o primeiro a quem somos apresentados é Avél, garoto de 13 anos filho do deus Vis, deus da energia.  Avél tem o poder de lançar raios. Semelhança com Percy Jackson? Depois somos apresentados aos demais personagens, cada um deles filhos de um deus e com algum poder especial. Juntos eles devem correr contra o tempo para assegurar que o mal não controle a Ordem.



Não dá pra negar a semelhança entre Percy Jackson e a Ordem Perdida, o fato dos garotos serem filhos de deuses, do Avél ter que resgatar algo que foi roubado, deles quase nunca poderem ver seus pais... Há ainda alguma semelhança com Harry Potter.  Quando, por exemplo, Avél e seus amigos estão para escolher suas armas o professor diz para um deles:
“Não é você que escolhe a espada, é ela quem escolhe você.”
Como não lembrar das varinhas de Harry? Outra semelhança é que a as escola é dividida por dormitórios que tem suas próprias cores e jeito secreto de entrar em suas portas. Cada um deles pertence a um deus patrono e o Avél pertence ao dormitório  em que muitos partiram para o lado negro. (Lembram da sonserina?)
E inegavelmente há muito de mitologia grega, ainda que os nomes dos deuses sejam outros e haja algumas mudanças de poderes aqui e ali. O autor deve ser  grande leitor desse tipo de literatura.
A minha opinião? Acho que a saga começou com o pé direito. Acredito que havia muito para se falar e contar e por isso perguntas ficaram para ser respondidas nos outros livros e também um aprofundamento maior dos personagens. O livro não tem um personagem central, no início pensei que seria Avél, mas Angie, Tétrada e  Driátolun, também possuem um papel central.
Para não dá muitos spoilers deixarei que você s descubram de quem eles são filhos e quais os poderes possuem.  
A narrativa é feita em primeira pessoa, mas cada capitulo é narrado por um personagem diferente, assim acabamos sabendo o que sente e pensa cada um desses amigos. Isso em alguns momentos foi legal. Mas em outros me deixou confusa, porque quando já estava envolvida com os sentimentos e pensamentos de um personagem, era lançada ao outro. Os capítulos são curtos, o que além de facilitar a leitura a torna prazerosa e rápida.
É um livro muito bem escrito e as descrições são muito bem feitas, porém encontrei alguns erros de revisão , que justamente por ser um livro bem escrito não deveriam está lá. A capa é bem bonita e a diagramação é simples. Cada capitulo tem o nome do capitulo e logo a baixo o nome do personagem narrador.
Gostei mesmo desse livro, por isso dei 3 estrelas no skoob, não tenho dúvida de que nos próximos conheceremos mais da personalidade dos personagens e de que acabaremos nos apaixonando por eles. Esse é o primeiro de uma saga que promete fazer muito sucesso, imagino que esses jovens ainda vão ser grandes amigos e aprender grandes lições. Recomendo pra quem, como eu, adora mitologia e aventura.  Já tô louca para ler o próximo...

Quotes preferidos:

“- Sabe quando sua vontade de acabar com o mal é enorme, mas aí você descobre que você é o mal?”

“- A cada dia que passa o Sol passa menos tempo no céu. Algo maligno está fazendo com que a Ordem desapareça. Não temos muito tempo, creio que devemos partir hoje.”

...

14 comentários:

  1. Parabéns pela resenha,
    Não conhecia o livro nem o autor,
    A estória parece ser bem interessante... Não leria no momento porque tenho várias sagas incompletas (esse é o único mal das sagas), mas vou colocá-lo no topo da minha listinha, quando completar as que já tenho, vou dar uma chance pra esta.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Juliana, não conhecia esse livro...
    No trecho em que você cita a semelhança desse livro com Percy Jones estaria se referindo ao Percy Jackson e Os Olimpianos do Riordan ou de outro personagem e série? Se sim, preciso
    correr atrás para saber do que se trata ^^

    Sobre o livro, as semelhanças com histórias que conheço me incomodou, eu gosto de livros que possuam uma temática parecida e, até mesmo, os ''mesmos clichês'', mas em alguns momentos, tento me afastar de livros que se pareçam demais com livros que já li para não notar as semelhanças e ficar presa no texto, não porque estou ''adorando!!!'', e sim porque quero encontrar as semelhanças e dizer: Olha, em livro X também tem isso, mas em X 'tá mais legal. Ah, nisso Y está melhor que o X e assim por diante.
    Como é uma série, talvez o interesse em lê-la desperte futuramente.

    Beigos,
    Maura - Blog da /mauraparvatis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maura é o que eu sempre digo: " Nunca escreva com sono!" Percy Jackson, e não Percy Jones (de onde essa louca tirou isso????) rs Mas que ótimo que vc deu o toque.

      Quanto ao livro há muitas semelhanças sim, é inegável, mas acredito que no desenvolver da serie isso vai se afastando até tomar uma cor nova e única. Como eu disse o livro é bom.

      Excluir
  3. Gostei demais da sua resenha!!
    Não conhecia o livro, mas a semelhança entre ele e Harry não me incomodou. Já que isso é garantia de livro bom!
    Adorei mesmo.

    Bjkas

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi esse livro ou melhor série deve ser mesmo é realmente muitas semelhanças, mas ambas não me incomoda, gosto de todas essas séries mas vamos la o que gostei foi o fato de não ter um só personagem central, pois muitas vezes o personagem principal acaba sendo um chato como foi o caso do livro Um Mundo Brilhante.


    http://blogversoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Apesar de ser um livro bem interessante, o fato de ter mais de um narrador já me deixou com pé, sinceramente, não gosto muito de livros assim, pois acabo me perdendo algumas vezes... Mas pude notar que é um livro que vale a pena,a afinal a resenha me deixou curiosa, quem sabe não dou uma chance.

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  6. Oi Juliana! Adorei a resenha e curti a proposta do livro, mas confesso que fiquei com medo da estória ficar se baseando somente em outros livros e não seguir um estilo próprio. De qualquer forma, como sou apaixonada pela mitologia grega (e eu sou louca pelas estórias do Rick Riordan também kk), acho que vale a pena conferir o livro.
    É uma pena que a revisão não esteja impecável, espero que no próximo volume o pessoal tenha mais atenção com relação a isso, pois é sempre chato encontrar uma estória bacana, mas cheia de erros...
    Abraços,
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Juliana!
    Adorei sua resenha!
    É a primeira que leio desse livro.
    Estou com ele aqui na estante, mas devo ler só no fim do mês.

    BjO
    http://www.the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ótima resenha, não conheçia o livro! Beijos <3
    alinebencke.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Cara, cadê toda a criatividade do autor? hahaha
    Eu gostei da premissa e da sua resenha, um conjunto harmônico, mas acho que o autor precisa de seu próprio pilar.
    Beijos minha flor!
    clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Nossa!! A série tem sete livros? O autor é brasileiro?
    Ultimamente, estou lendo várias resenhas e leio que o autor vai colocando o nome do personagem narrador...bem interessante isso..é um tipo de escrita da Raquel de Queiroz...

    hehehe

    Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi,

    Parece com Percy, mas é tão legal quanto? Se for pode ter certeza que vou lê hahaha

    Bjs!!

    http://viciadospelaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Meu exemplar de A ordem Perdida está no correio, quase não me aguento de curiosidade!! rsrs Gosto muito de mitologias e aventuras então acho que será uma boa pedida :)
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  13. parabéns pela resenha,muito boa
    beijo

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados