16 de mar de 2013

Resenha: Lembra de mim?



Lembra de mim? 
Autora: Sophie Kinsella 
Ano: 2010 
Editora: Record 
Páginas: 399 


Imagine se você fosse dormir hoje e ao acordar amanhã, estivesse bem mais magro, com dentes perfeitamente alinhados, e um cabelo novo. Ah e não só isso, você também está casado (se já é casado, imagine que está casado com outra pessoa), rico e com 3 anos a mais no calendário. Pois foi bem isso que aconteceu com a Lexi, ela acorda em um hospital, casada, com uma aparência exuberante, rica e em 2007. O médicos dizem que pode ter sido trauma do acidente com sua mercedes (é agora ela tem uma mercedes). Mas a última coisa de que lembra é de estar saindo com suas melhores amigas de um bar em 2004. 

Ela não lembra de ter acabado o namoro com “perdedor Dave”, não lembra se de ter ido ao velório do pai, não lembra do marido lindo saído de capa de revista, não lembra de ter se afastado de suas melhores amigas, não lembra de ter se tornado uma chefe bem sucedida e odiosa, conhecida como “a cobra”, não lembra de Jon... 

Quem é mesmo Jon? Como do dia pra noite ela tem a vida perfeita? O que aconteceu pra ela ter se tornado uma pessoa tão difícil? Como tudo mudou tanto em 3 anos? Essas são as perguntas que nos fazemos e assim como Lexi queremos desesperadamente achar as respostas. 



A Kinsella domina o estilo que escreve, quem vai negar isso? Desde Os Delirios de Consumo de Becky Bloom, que isso ficou inquestionável e “Lembre de mim?” não é diferente. É um livro bem escrito, com aquela mocinha gente boa, não muito bonita, com defeitos e qualidades. Há aquele mocinho que dá vontade de arrancar do livro. E há todo aqueles micos que nos fazem rir alto e morrer de pena da protagonista.
Vou deixar um toque para o marido da Lexi: - Eric, meu querido, se você morasse comigo se jogaria da janela, organização demais faz mal pra saúde!!!! 
Os personagens secundários são de doer. Depois que conheci a mãe de Lexi prometi a mim mesma nunca mais reclamar da minha mãe. Amy, a irmã irritantemente adolescente, me fez pensar que eu fui a melhor adolescente do mundo. Gostei do Jon! Cara simples e direto, sabe o que quer e vai a luta. Sem orgulho, sem mimimi.
 Enfim...
A capa é fofa e faz todo sentido. É uma boa leitura para quem tá precisando se divertir e no fim ainda te faz pensar na vida. Será que a vida perfeita é aquela que imaginamos? Como diz um velho Bardo amigo meu: “Não há nada mais chato e deprimente que a perfeição” rs 

Alguns quotes:

(...)


(...)



Depois desse livro fiquei pensando seriamente em ter uma plantação de girassóis, bem GRANDE, interminável... rsrsrs (leiam que vocês vão entender).
Dei 3 estrelas no skoob, porque o livro é bom =)

9 comentários:

  1. Esse livro me lembrou tanta coisa! Assustei até com algumas semelhanças.

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Nossa meu deus quero muito ler esse livro , eu assisti os delírios de consumo de Becky Bloom e amei e dizem que o livro é bem melhor então .... esse parece ser ótimo , beijos !!

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Ah, deve ser bem legal esse livro =D
    Quero começar a ler chick-lit e me indicaram começar com a Kinsella que parece que escreve ótimas histórias ;)

    Beigos,
    Maura - Blog da /mauraparvatis.

    ResponderExcluir
  4. Menina, que resenha boa. Gostei.
    Um domingo genial pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Oi Juliana, fiquei com vontade de ler esse livro, parece ser muito bom.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada da autora, mas sempre vejo o quanto ela é elogiada. Gostei da proposta deste livro.Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nada dessa autora, creio que a minha primeira vez com ela (hahahah) será com Fiquei com o seu número =)
    Eu esperava que você desse uma classificação melhor ao livro... porque só 3 estrelas?

    Beijos,
    Carol e seus livros.

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho esse livro, mas não consegui ler ainda por falta de tempo, infelizmente!!
    Tenho muita vontade de ler.

    Amei a resenha, perfeita, muito bem escrita mesmo!

    Bjkas


    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. fiquei curioso em ler este livro.
    sua estoria me lembra de um filme que assistir, no entanto, com uma forma diferente, mas a finalidade acredito que a mesma, no caso, refletir sobre nossas condiçoes atuais e o que realmente almejamos no futuro, se é aquilo que realmente desejamos ou nao.
    vou procura-lo para ler.
    outra coisa que me chamou atençao é o fato de expor um trecho do livro e percebe que ele foi escrito a partir da visao da jovem e isso nos aproxima ainda mais da estoria.

    um abraço.

    gostei daqui.

    literaturaearte0809.blogspot.com
    @ns_rafael

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados