7 de mar de 2013

Foi! Do verbo nunca mais será...




Foi como uma estrela cadente
Inundando meu mundo de luz.
Uma musica cantada a meia voz.
Uma rosa carmim na janela...

Foi tempestade e trovão.
Dois opostos frente ao mundo,
Dois estranhos se entranhando,
Uma explosão barulhenta.

Foi o oposto do desejado.
Um homem de várias mulheres,
Uma moça de um único amor.
Sem futuro e com fim certo e triste.

Foi uma pausa entre dois infinitos
E não importa se foi bonito,
Causou dolo e dano,
Causou medo e assombro.

Foi um tiro no próprio peito.
Nunca deveria ter sido.
Nem em pensamento sido.
Em nenhum momento sido!

Foi. Foi por insistência dele
Foi por perseguição e promessas vãs.
Foi por mentiras cantadas a meia voz.
Foi porque cometas acham que podem tudo.

Foi porque moças tolas se deixam apaixonar.
Foi porque o desprezível esconde a sua face.
Foi por causa das notas daquele violão.
E por sorte nunca houve um único beijo. Não!

Foi! Definitivamente foi.
Não é mais.
Nunca mais há de ser
Finalmente o desprezo toma o meu ser.


16 comentários:

  1. Versos, palavras, um alento pra quem ama escrever, um descanso pra quem gosta de ler...

    ResponderExcluir
  2. Como sempre a Juliana me matando com suas belas palavras. ai ai ai...
    Menina menina.
    Olha, confesso que não tinha mt aptidão por esse tipo de leitura, mas agora...

    clicandolivros
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Ah! Todos esses versos seus...
    Lê-los não é apenas um descanso, mas um deleite.
    Pois quando você escreve, querida Juliana, as palavras se encontram e viram versos que encantam...

    ResponderExcluir
  4. Amei os versos... Ajudou a espairecer um pouco neste quarto de hospital!
    Beijos,
    Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  5. Tão lindo ♥ E as imagens escolhidas ficaram tão perfeitas com seus versos!!

    Amei!!

    Bjkas

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, qe bonito.
    Eu salvei aqui, pois realmente gostei. *-*

    - VITAMINA DE PIMENTA -

    ResponderExcluir
  7. Lindo, eu queria saber escrever bem assim.
    http://defeito-defabrica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Lindo profundamente romantico o poema, um delírio viajar no FOI e ir aprofundando a magia do querer mais sabem o quanto foi, o qto valeu e qto cresci ou diminui enquanto o(a) foi. Amei e mais uma vez digo q sou um viciado em andar por aqui, pra vc linda poetiza bjos, bjos e bjossssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Oi Juliana, tudo bem?
    Nossa que poema!! Gostei, e de fato algumas coisas simplesmente passam e ficam no passado. Mas o bom é que quando acaba se estar livre. Talvez o desprezo fique, mas com o tempo até ele se vai, e fica a eterna indiferença.
    Abraço,
    Amanda Almeida
    Amanda AlmeidaVocê é o que lê

    ResponderExcluir
  10. Lindo e Inspirador!
    Feliz Dia da Mulher
    Beijos
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. você que escreve ? ameeei , e ja estou seguindo aqui , não esquce de seguir de volta em rs' amei tudo por aqui parabéns e um feliz dia das mulheres bjãao

    http://garotamoderninhaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Lindo demais... obrigada pela visita já estou seguindo aqui seu blog é lindo e cheio de inspiração.
    beijo grande

    ResponderExcluir
  13. Amei o poema, mas em especial o título. Fez-me pensar em muitas coisas diferentes...
    Bjs - Suzana Rosa - www.rosachiclets.com.br

    ResponderExcluir
  14. Nossa... Que demais seu texto... Concordo plenamente contigo... Hoje em dia a socidedade inverte muito as posições das coisas...

    Diamante Negro

    ResponderExcluir
  15. Muito linda a poesia...adoro! Estou escrevendo um livro de poesias...nahim!^^ Sempre apaixonada por elas.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  16. Maravilhoso, como tudo que vc escreve!!! Parabéns!! Bjs

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados