11 de mar de 2013

Eu não desisti do amor



Quem pode viver sendo metade?
Em devaneio solitário afirmo sem medo:
Não desisti do amor, essa raridade.
Ainda que pareça tarde ou mesmo cedo.

Não desisti do abrigo tão seguro,
Do riso solto em alma alegre,
Do querer fecundo e puro,
Que dissipa o medo e a febre.

Desse amor que faz valer a vida
Cosendo o simples ao bonito.
Conferindo valor a lida.
Sagrando o tempo ao infinito.

E ei de encontra-lo ali adiante.
Mesmo que não o tenha visto ainda.
Na terra ou em constelações distantes
Cessa os enganos... A busca finda.

12 comentários:

  1. Texto bacana,importante nunca desistir msmo!!!!

    Obrigada p visitinha =)
    Tem post novinho no blog…Passa là!!!

    www.beautebydani.com

    http://www.youtube.com/user/Danicursino

    ResponderExcluir
  2. aain que lindo ..
    http://doiisdefevereiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não desista. Eu encontrei!!!

    Amei!!

    Bjkas


    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por passar lá no blog.
    Adorei a poesia, muito bonita =)

    Adorei o teu blog.
    Estou te seguindo =)

    Beijos,
    Carol e seus Livros.

    ResponderExcluir
  5. Nahim...adoro seus poemas. De uma doçura que não tem tamanho. Já pensou em escrever um livro de poesias?
    Ah...deixa eu te perguntar....Adorei esses Posts relacionados em formatos redondinhos. Como você colocou? Se puder, me passa o tutorial?
    Beijinhos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  6. que fofa, que fofo.
    esperança é a ultima que morre.

    @esteffanifontes, do blog Aos Dezesseis Anos
    aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Gente, que lindo :3 você quem fez? *o* adorei!
    xoxo
    Universo Vanguarda

    ResponderExcluir
  8. Oi Juliana, tudo bem?
    Adorei o o poema, de fato, você encontrara a outra metade, assim como todos aqueles que procuram. Belo poema.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  9. Que bom que você ainda acredita em tal sentimento!
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  10. Que poema lindo, adorei!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados