2 de fev de 2013

Inquebrável

 
Ouço um silêncio que me conversa.
Entendo a linguagem da quietude.
Como um fim que ao nada se funde,
Nos mistérios que a alma imersa.

Burburinhos mudos ao vento
Chamando um poema adormecido.
Que ficou no limbo ou terá ido,
Galopante na sela do tempo.


Fala de um caminhar complicado
De tantos  intempéries pelo caminho,
Voos e pousos desse passarinho
Rasantes perigosos no meio do prado.

Um tal de deixar-me moldar, moldando
Ao ponto de inverter-me em pleno ar.
Entortando ao extremo sem quebrar
Retomando versos, poder e mando. 

 

17 comentários:

  1. Primeiro do ano. Espero que gostem.

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  2. Juliana, minha querida amiga, você estava deixando saudades...

    Confesso!
    Adorei sua poesia. Seus escritos dizem pra mim mais do que consigo explicar, mas sinto: as conversas com o silêncio e os caminhos complicados...

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nilson

      Saudades também, muitas! De escrever, de reescrever...
      Inquebrável é um poema simples e sem pretensão nenhuma,
      no mais... O vento leva rs

      Milhões de beijos

      Excluir
  3. Oi, tudo bom? eu criei um blog há pouquissimo tempo, então nem tem muita coisa rs .. mas se você puder passar pra dar uma olhadinha eu agradeço! http://espacodajuu.blogspot.com/ rss, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Júlia

      Seu blog tá lindo! Parabéns...

      Milhões de beijos

      Excluir
  4. -Um tal de deixar-me moldar, moldando...Uauu a menina foi fundo no delírio, e o tio Castanha adora estas mimosidades poéticas, portanto, adorei mais uma vez, vai pra vc bjos, bjos e bjosssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui o delírio é grande e profundo tio! kkkkk

      Milhões de beijos

      Excluir
  5. Ei, muito obrigada pela vizitinha!!
    Adorei aqui, mto bacana vc gostar muito de poesias!
    ja estou te seguindo!
    Bjinhus!

    prometovouemagrecer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e seja mil vezes bem vinda!

      Milhões de beijos

      Excluir
  6. Que lindo Júh, parabéns flui nesse seu dom que você irá fazer sucesso, viu? Estou torcendo por você! Estou seguindo aqui e segui a página também! Beijos e um bom domingo para ti! :]

    http://semprequis-ter-umblog.blogspot.com.br/

    https://www.facebook.com/semprequisterumblog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gaby

      Fiquei feliz que tenha vindo e que tenha curtido.

      Milhões de beijos

      Excluir
  7. oii.. adoreii seu blog.. ja estou seguindo.. ver la meu blog www.pattycarvallhoaloka.blogspot.com eu sou nova nessa vida de blogs kkk me da umas dicas e me ajuda.. waleu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ver sim!

      No início tudo é complicado, depois a gente vai pegando o jeitinho,
      boa sorte, viu?

      Milhões de beijos

      Excluir
  8. Oi Juliana, amei esse poema, tão lindo e delicado.
    Indiquei o teu blog para receber o Selinho 2013 Literário. Espero que goste.Beijos.

    http://olhareseleituras.blogspot.com.br/2013/02/selinho-2013-literario.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou participar sim, vou ver um dia da semana, menos louco pra mim pra responder a brincadeira. E desde já agradeço ter indicado o Reticências.

      Milhões de beijos

      Excluir
  9. Oi Juliana! Seu blog é ótimo, segui e aceito parceria sim, quando botar meu link me avise que boto o seu!

    Antes de depois do fim... (clique no perfil)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito do teu blog Micaela, vou adorar ter vc como parceira.

      Milhões de beijos

      Excluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados