30 de dez de 2012

Alguém que domine o coração



Mostre alguém que domine o coração.
Alguém que não o teve partido,
Que em algum momento não tenha crido
Ter  encontrado a direção.

Mostre! Mostre um peito intocado.
Sem ilusões, sem fé e paixão.
Que não tenha perdido a razão
Por simplesmente ter amado...

Mostre para mim e eu assumo
À condição de perfeita idiota.
Aquela que, sim,  perde a rota
Perde a vergonha e o rumo!

Mostre um meio de escapar
Quando as palavras parecem sinceras
E parece ter acabado a espera,
Mas do nada passam a nos vomitar...

Quem nunca foi prisioneiro
E entregou-se por querer
Jamais poderá entender
O que é falso ou verdadeiro.

7 comentários:

  1. Versejando uns devaneios.
    Quem nunca?

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  2. Corações nunca serão práticos enquanto não forem feitos para não se partirem...
    O mágico de Oz

    Amo seus devaneios juliana, você tem uma sensibilidade e tato com as palavras incríveis.
    Quantas vezes não somos nós prisioneiros de algo ou alguém voluntariamente , algo ou alguém que somos obrigados a deixar , por ter nos deixado primeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo faz parte, ou não.
      Penso que não deixamos nada, somos parte de um todo e sempre estaremos ligados de alguma forma.

      Milhões de beijos

      Excluir
  3. Uma bela e inteligente escolha, andar por aqui é mimo, pra vcs bjos, bjos e bjosssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah tioooooooooo Saudades

      Vou agora visita-lo!

      Milhões de beijos

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigada!

      Gostei de te-la aqui...

      Milhões de beijos

      Excluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados