25 de ago de 2012

Engano os desavisados...


Ei! Eu não sou feita de porcelana, não.
Pra você ficar com medo de me quebrar.
Não pense que vou me render ou magoar.
Sou a senhora e dona do meu coração...

Como Fénix eu me refaço todo dia,
Encontro forças nos obstáculos
Sou mulher de mil tentáculos,
Posso ser a melhor ou pior companhia.

Eu tenho a força de um vulcão,
Não sou feita de material frágil
Eu sou o próprio veneno do escorpião!

Deixo aqui os avisos de cuidado
Tenha medo de suas portas
Meu querido Anjo amado!

Republicado

11 comentários:

  1. É a Fenix renascendo, menina. E eu aprecio isso em você Amarantha. Uns são do pó ao fogo. Tu és do fogo ao céu. Tá sé draíochta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a Fenix renascerndo! rs
      Mas não me chamo Amarantha, sou Juliana.E continuarei sendo Juliana. Legal isso de: Do fogo ao céu.
      Não entendi a ultima frase, que dialeto é esse? rsrs

      Milhões de beijos

      Excluir
  2. Hmmmmm ta venenosa!!! Adoro!!! Eu esse post ficou profundo, gostei!
    Parabéns irmã gêmea!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venenosa desde sempre, mas só ataco quando me sinto em perigo.
      Profundo? rs
      Tá... Raso, raso, não ficou rs
      Esse poema foi dos primeiros que postei no Reticências,
      andei tendo um dejavou rsrs


      Milhões de beijos

      Excluir
  3. Belíssimo poema, óptima descrição de uma mulher. Talvez o retrato da mulher ideal.
    Beijos

    http://danielmilagredanieldaniel.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será mesmo está a mulher ideal?
      Uau!!!
      Esse é um pensamento interessante de se ter rs

      Milhões de beijos

      Excluir
  4. A tua poesia é colorida da cor do vinho que degusto neste instante. Lindíssima sem dúvida é como a Lua! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tossan, meu querido poeta e captor de perfeitas imagens...

      Provei vinho recentemente e até que achei o gosto bom.
      Interessante dizer que minha poesia é lindissima como a Lua,
      conhecendo o meu "histórico lunar" rsrsrs
      Bom tê-lo aqui de novo!

      Milhões de beijos

      Excluir
  5. És mais do que os olhos podem ver. Você, querida amiga, é um mundo inteiro!
    Fico sem palavras para descrever o quanto gosto de seus poemas. (risos)
    A cada novo poste, um encanto novo.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  6. Ora Nilson...

    O encaanto é meu com seu carinho em vim aqui e comentar
    é um gesto muto bonito de sua parte.
    E cada novo comentário, um encanto novo ;)

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados