22 de jun de 2012

Lembrei de você...


Daqueles sonhos malucos que você tinha.
Dos  teus dramas frente a tudo que acontecia.
Dos teus maiores anseios, hoje realidades cruéis.
Daquela certeza de que ia fazer algo especial.
Lembrei que não se abatia por nada.
Senti saudade do teu otimismo irrestrito
E de todas as tuas idéias mirabolantes.
Senti saudade de você tentando salvar
a vida das formigas que pisava,
E arrumando toda espécie de justificativa
para os erros das pessoas que amava.
Eu sinto tanto a tua falta!
Sinto falta até das bobagens que dizia.
Porque você era tão pura!
Você era tão única e era muito especial, mesmo.
Nem sempre amada ou compreendida,
mas sempre com coragem desmedida.
Talvez o mais assombroso depois de todas
as decepções que pela vida sofreu,
É saber que um dia você:
 Fui eu...
 Republicado


7 comentários:

  1. Porque sinto saudade daquela parte de mim que é simplesmente APAIXONANTE.Mas essa parcela minha nao morreu. E espero reencontra-la em breve...

    ResponderExcluir
  2. O que seria de nossas vidas se não fosse a saudade?
    É ela que desperta em nós pequenos sorrisos cheios de simples lembranças.
    E dessa pequinês de atos nós somos feitos, moldados e remodelados a cada estação.

    Sentir saudades de você mesma é perceber a grandeza que está aí dentro, pois a mesma menina dos sonhos malucos continuam viva, talvez apenas tirando um cochilo reflexivo para um despertar com uma coragem desmedida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Régis, meu querido!

      Belas palavras estas tuas... Sem saudade seria como se fossemos almas vazias. A saudade sao as lembranças mais valiosas que trazemos no peito. Sentir saudade é dizer que algo ou alguém foi bom o suficiente para nao morar no esquecimento.

      :)
      Sem duvida! Acho que andei dormindo, mas a como a Bela adormecida quero acordar. Como diz uma musica de OTM: "Eu sinto que sei que sou um tanto bem maior..."

      Amo muito vc, meu irmao

      Beijos

      Excluir
  3. A melhor viagem do mundo , é aquela que fazemos dentro de nós mesmos .

    Adorei o seu poema intimista !

    Um beijo grande , Juliana !

    ResponderExcluir
  4. Como sempre Ju... maravilhoso...

    Bom fim de semana.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. A saudade às vezes pode ser tão dolorosa.

    ResponderExcluir
  6. Opa! É verdade, às vezes a gente se perde mesmo.

    bj

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados