13 de mai de 2012

Não se apresse em julgar


Dizem que ela é fria.
Que ela é louca.
Que é dramática.
Qual a razão dela ser tão desconfiada?
Conhece-se a essência de alguém só de olhar?
Nem só luz, nem só trevas.
Nem só poesia ou silêncio.
Calma com os rótulos...
Ela nem sempre foi das sombras.
Ela nem sempre cantou no escuro.
Ela nem sempre chorava escondida.
Foram as muitas tempestades que viraram seu barco.
Quantas vezes nadando até a praia e reconstruindo?
Sobrevivendo.
Catando os pedaços.
Recomeçando.
Você entraria quantas vezes nesse oceano?
Quantas vezes se conserta um coração humano? 

*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`ღ*


2 comentários:

  1. Define o que sinto ...
    amora, pode disponibilizar pra eu compartilhar em meu blog ?

    ResponderExcluir
  2. Claro Mel

    Te passo mais tarde por email.

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados