18 de mar de 2012

Gosto da calmaria



Gosto dos fins de tarde quando tudo para, pra ver as nuances celestes, e o vento sobra baixinho que é hora de contemplar.
Quando o Mar nos diz pra ficarmos em silêncio, quietinhos...
Quando a casa é tomada por cheiro de bolo feito na hora e comemos, quente, com alegria.

Quando dois braços se encontram produzindo calmaria e dois corpos viram uma alma só. E a gente gosta tanto desse alguém que se pudesse dava um nó.
Quando os saltos caem e os pés encontram a simplicidade. E daquela chuva fina que vem depois da tempestade...





*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`ღ*

7 comentários:

  1. Boa noite
    Passei para retribuir sua visita ao meu blog na Série Formas de amar, na participação da Nina.
    Gostei muito deste seu espaço, repleto da simplicidade do seu olhar transferido para a escrita.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Norma

      Que gentileza sua vim retribuir a visita. Também gostei muito do teu espaço, acho que expressar o que sentimos de forma saudavel só tem a somar.

      Milhoes de beijos

      Excluir
  2. Gosto dos fins de tardes em minha rede.
    Adorei!
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto de uma rede Paulo! rs
      Eu gosto da tranquilidade, isso é que é a verdade, todo o oposto eu abomino.

      Abraços

      Excluir
  3. Passando em seu blog para derramar chuvas de bençãos!! Uma linda e abençoada semana!!

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Essa calmaria tras alivio a alma e paz ao coração

    ResponderExcluir
  5. a calma nos faz ser humanizados perante a pressa das maquinas que nos cerca

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados