27 de out de 2011

Se fosse fácil te esquecer...



Teria feito isso em janeiro
Quando a dor era em carne viva
E eu um barco à deriva
Já sem meu marinheiro.

Teria esquecido a canção,
Seguido em frente sem dor,
Renegado esse amor,
E o toque de tua mão.

Teria encontrado alegria
Em qualquer coisa pequena,
Que torna a vida mais amena
Sem teu amor viveria.

Teria sido como escrever:
Abriria a alma, faria poesia.
Seria assim, todavia...
Se fosse fácil te esquecer.


*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`ღ*


6 comentários:

  1. Às vezes é tão difícil esquecer, né.
    Gostei deste poema.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  2. se fosse fácil, eu não estaria aqui te lendo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema...
    esquecer aquilo marca a alma é difícil, demora...

    Linda e abençoada quinta feira, beijoss!!!

    ResponderExcluir
  4. Paulo Francisco

    As vezes é impossível! rs

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir
  5. brisonmattos

    Seja lá quem for seja muito bem vindo!

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir
  6. Talita

    As vezes uma eternidade nao é?

    Milhoes de beijos

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados