5 de jul de 2011

Indagações... (?)

&


Do que sou feito
Me pergunto?
De que efeito
Que assunto?

De qual matéria é?
De que mesmo sou formado?
Em que crenças, em que fé
Ponho algum Significado?

Pra onde tenho que ir?
O que pra mim é sagrado?
Do que quero fugir?
De quem quero estar ao lado?

Como encontrar a resposta
Pra o enigma do coração?
Quem sou eu, de que é composta
Essa estranha aflição?

Afinal o que importa?
Essa inútil questão...
Vou abrir e fechar portas
Vou voar, sair do chão!



Escrito por dois loucos!  
Um deprimido, confuso, cansado!
 E o outro sempre solar...

8 comentários:

  1. Interessa mais como vivemos... do que como somos!

    ResponderExcluir
  2. Poetisa Juliana

    Quando dois loucos resolvem poetar...indagam a alma o existir...e nós: ganhamos poesia...e lucidez.

    um grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Ju, o bloguer está lindo!!
    Mto lindo mesmo.
    QUe bela poesia, é melhor mesmo deixar as indagaçõe de plano, ao lado.

    É bom, mto bom, voar...

    Beijos flor, espero sua visitinha.

    ResponderExcluir
  4. Como sempre, belas palavras e lindas poesias!
    Beijocas...

    ResponderExcluir
  5. esta eu não posso responder, só você
    indagações necessárias a nós humanos
    beijos ju

    ResponderExcluir
  6. Você sabe sair do chão...tem asas e ao escrever as bate e voa. belo poema...

    um beijo.

    ResponderExcluir
  7. quantas vezes não me fiz todas essas perguntas? rsrsrs...amei esse poema!

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados