11 de jul de 2011

Danado de ciúme é esse que não me deixa em paz? E daí que ele a veja, que fale com ela? E daí que ele passe a tarde secando suas lágrimas e lhe preenchendo de oceano? Eu fui embora, não fui? Eu o deixei pra trás.
Isso tudo é culpa do milagre. Do tal final perfeito que tanto quis e finalmente chegou. É que finais perfeitos deixam esse gosto de quero mais na boca. Como o beijo nunca provado, como os toques que queimam na mente fazendo arder à pele.
Chega! Finais perfeitos exigem novas histórias, novos caminhos. Hora de dizer goodbye. De trancar as portas e erguer muralhas. Mas foi tão perfeito... Obrigada Deus, o que eu quis finalmente aconteceu, olhar pra ele uma ultima vez e me despedir, olhar pra ele e não pra'quele estranho. E agora eu vou apenas fechar tudo aqui dentro. Eu... Sempre insana vou parar de beber esse líquido amargo do ciúme, ciúme totalmente sem propósito, e passar a beber do cálice da razão.

2 comentários:

  1. Poder deixar de lado o ciúme faz bem...Uma linda semana,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Querida juliana
    dizer good bye é também sempre uma chance de se continuar, abraços linda

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados