7 de jul de 2011

Conto sem fadas

 Escrito por:
Juliana Lira
&
Paulo Roberto
O medo se desfez,
a canção torno a ouvir.
O que será dessa vez?
O que me vai surgir?

Não quero ouvir mais nada!
Cansada estou de qualquer som,
Morreu a ultima fada
Que acertaria esse tom.

Esta ficando tarde
e eu preciso mesmo ir,
não é que eu seja covarde
mas, por demais ja sofri.

De correntes e cadeado
Fechou-se meu coração
Com um letreiro de: Privado
Sigo seguindo a razão.

Voando...

7 comentários:

  1. ...até que o inesperado venha reabrir esse coração! :-) foi o que pensei no final! rsrsrs...

    ResponderExcluir
  2. boa noite...feche-se nao moça...deixe a porta encostada para que outro amaor venha e traga de volta as tuas fadas...bjin

    ResponderExcluir
  3. Passando para divulgar meu novo blog,

    http://silmartatimodas.blogspot.com/

    Espero sua visita lá.

    beijoss!!!
    bom final de semana!!

    ResponderExcluir
  4. Reviva a fada, sem ela tudo perde a graça e os sonhos vão embora!
    Bom final de semana.
    Fica com Deus!
    Beijocas...

    ResponderExcluir
  5. Mas lembre-se... é proibido desistir!
    E amanhã o dia vai estar lindo!

    ResponderExcluir
  6. Vamos em frente sem medo...desistência nunca...
    Bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Recuar não é feio, não é crime. Acho digno.

    Um beijo.

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados