6 de fev de 2011

Sobre confiar...

FOTO: weheartit
ESCRITO por Juliana Costa de Lira

Andei pensando o que nos faz confiar em alguém. Digo confiar mesmo, sabe? Nos jogar no abismo, acreditando que aquele alguém vai tá lá pra não nos deixar cair. Ou ao menos nos estender a mão pra que possamos levantar.

Confiar... Confiar é passear de olhos vendados em um campo minado. Nem sempre você vai sair inteiro desse passeio. Você vai ouvir: "Eu te amo." "Nunca te esquecerei." "Confie em mim." "Me dá teu coração pra eu cuidar." "Serei diferente." "Farei melhor." "Nunca te farei sofrer"...

Mas a verdade sobre tudo isso é que pessoas mentem! Elas abandonam, traem e buscam preencher seus vazios e realizar seus desejos idiotas, não importa quem vão magoar pelo caminho.

Quando somos crianças sabemos disso! Estranhamos braços estranhos, tememos o desconhecido, mas aí crescemos e a aventura começa. Jogamo-nos na vida e arriscamos o coração. O nosso próprio coração...

E então descobrimos que algumas vezes confiar em alguém é a melhor coisa que poderíamos fazer na vida, mas outras vezes ao entregarmos o coração pra alguém e dizer: “Tome! Faça dele o que quiser”, estamos apenas empurrando um punhal no nosso peito.

Confiança... Presente que ofertamos a quem achamos merecer e que muitas vezes explode levando uma parte de nós, a melhor parte de nós!...

5 comentários:

  1. Ahhhh!!confiar em alguém é muito díficil...vou dizer amiga a única pessoa no MUNDO QUE EU CONFIO DE OLHOS FECHADOS É NA MINHA MÃE...e ponto final...os outros jamais...belo texto...ameiii!!belo fds.bjus doces!!!

    ResponderExcluir
  2. Certo foi quem disse que confiança é um cristal frágil, daquele que se quebra fácil e não se reconstitui jamais.

    Confiar é arriscado, mas é importantíssimo.

    Belo texto!!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Confiança. Tens toda a razão em suas colocações.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Caramba Ju, seu post é simplesmente perfeito...confiar é pular no abismo...nunca sabemos se vamos cair numa cama repleta de almofadas macias ou num chão duro e repleto de espinhos né?

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados