21 de jan de 2011

É triste.

FOTO: weheartit
ESCRITO por Juliana Costa de Lira
Agora é a brisa.
Que traz o cheiro
Do meu cavalheiro
Como profetiza

Que anuncia:
É chegado o fim.
Triste acabar assim,
Tanto em um só dia...

É que palavras morrem.
A canção cessa.
Cruel é a promessa,
Que dos lábios correm.

Ah se houvesse um jeito
De voltar no tempo,
E com um só movimento
Refazer o desfeito...

0 comentários:

Postar um comentário

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados