7 de dez de 2010

Sobre as partidas...

FOTO: Google imagens
ESCRITO por Juliana Costa de Lira

Eu não fui feita pra estação! Ver chegar e sair as pessoas nunca fez parte da minha natureza, sim sou pássaro e como tal compreendo os voos, mas também sou ninho e meu desejo secreto é amar perto, aconchegar quentinho...

Ainda me impressiono com os jogos da vida, um dia está tudo certo, todo mundo junto fazendo coisas cotidianas, os amigos, a família, os colegas de trabalho. E no outro aquela pessoa teve que partir. Cuidar da família, arrumar um emprego, mudar de rumo...

E fica um vazio tão grande e essa saudade dolorida porque queremos parar o tempo pra que o trem não venha e mude toda direção... Fica só a lembrança de sorrisos e abraços, um momento compartilhado, um segredo revelado.

Pessoas não deviam partir, porque o amor não parte com elas, entende? O amor permanece deixando com ele a saudade, insaciável!
 
Eu não fui feita pra estação! Mas se um dia você que partiu da minha vida deixando a saudade no lugar... Quiser fazer uma parada, ou mesmo voltar, saiba que eu ainda estou ali. E é ali que eu espero aquele abraço e a sua volta. Muda o tempo, a estrada, as flores... Mas o amor que você conquistou permanece o mesmo!

Aos que partiram deixando uma saudade aperriada no lugar:
Gil, Bruna, Goia, David, Graça, Larissa...
Painho, Tia Vera, Tia neném

E aqueles amigos queridos que partiram do lugar comum, mas nunca saíram de mim!...


2 comentários:

  1. ah, tb detesto partidas assim. Dá uma saudade das pessoas queridas não?

    ResponderExcluir
  2. Partidas são dificeis..todas
    beijos

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados