12 de out de 2010

Sobre me amar...

FOTO: Google imagens
ESCRITO por Juliana Costa de Lira
Esse é um novo tempo... De deixar tudo para trás e recomeçar.É momento de voo intenso de sentir o vento bater nas asas.Ah se inventaram algo melhor que liberdade esqueceram de me avisar!

É tempo de pensar em mim, olhar pro meu umbigo!Tempo de fazer minhas escolhas, traçar minhas metas. Eita que tem tanta coisa pra fazer... Tantas coisas pra descobrir e conquistar. E o tempo não está esperando placidamente, como eu!

Então vou mudar a cor das paredes, vou jogar fora todas as roupas e revolucionar o coração. E se entre uma coisa e outra, esse coração revolucionário quiser amar, eu vou amar... Porque é tão doce as nuances que formam o amor que eu sinto que meu coração nasceu mesmo foi pra caleidoscópio.

Mas esse é o meu tempo, sabe? Tempo de re-apaixonar por mim. Por essa pessoa incrível, maravilhosa e cheia de vida que EU sou!Tempo de buscar o crescimento e o sentido que deixei perdido em algum lugar, entre perder o coração e ganhar o coração.

A vida é minha!O coração é meu! E eu estou completamente apaixonada por mim... É incrível como eu não via como sou maravilhosa (a modéstia comprou uma passagem só de ida pro espaço sideral rsrs).Eu olho pra pessoa que eu sou e vejo tanto potencial...

E o melhor de tudo sabe o que é? É que eu devo isso tudo a uma única pessoa: A pessoa de Deus em sua perfeição!!!Eu estou bem assim,  com o coração deserto. E eu que achava difícil ser feliz sem está amando profundamente alguém, mas é tão bom!

Se eu vou me apaixonar de novo? Tomara que sim!!!!  Amar traz essa coisa inexoravelmente incrível pra vida. E eu estou viva... Quero viver intensamente, INTENSAMENTE!

Quando o amor bater na minha porta, eu vou estar esperando, vou mandá-lo entrar, sentar,vou oferecer um chazinho e dizer:

“Que bom vê-lo de novo amigo, eu estava lhe esperando”
Ele vai perguntar: “E como sabia que eu viria?”
E eu direi: “Ora seu bobo, lógico que eu sabia que viria! Como o amor não viria pra uma pessoa tão incrível como eu?” rsrsrsrsrs

(devaneios meus, devaneios muito sensatos meus)
   

3 comentários:

  1. O Ser Humano e a beleza de ser um eterno apaixonado! Mesmo quando não nos achamos apixonados por outras pessoas, que é o mais comum, nos apaixonamos pore nós mesmos. Amamos os outros, mas também amamos ficar sozinhos. Isto é viver sem limites para o Amor. Bom texto!
    Forte Abraço!

    Ah! e um beijo de carinho!

    ResponderExcluir
  2. Ah Ju, terminei de ler esse texto com um sorriso no rosto...isso se chama Auto estima e com ela tudo fica melhor e mais harmonioso. E vc tá certa em se amar e se sentir feliz e orgulhosa de ser o que vc é. Se não fizer isso, quem fará? O amor começa primeiro dentro de nós, aprendendo a nos aceitar e nos amar apesar dos defeitos que possamos ter, porque com isso deixamos as portas do coração aberta e nos tornamos merecedoras do amor...e aí...quando menos se espera....ele surge sim! rsrs...

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga, merecemos tudo de melhor na vida, auto estima tem que estar em alta...Ame-se Comemore-se Viva...adorei...Beijocas

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados