20 de set de 2010

Inesquecível...

FOTO: Google imagens
ESCRITO por Juliana Costa de Lira

Doces tardes envolvidas em ternura.
Era assim que a magia acontecia,
E era para o teu deleite minha poesia,
Que brotava de fonte profunda e pura.

E vinha envolvida naquele papel de bala,
Sempre movida por um desejo:
Tocar a tua alma como um lampejo,
Para  te emocionar ou te fazer dar “pala”!

Não espero que alguém entenda,
Tamanha  nostalgia ou dor  que sinto!
Mas te eternizarei como doce lenda,

Para saberem que mesmo  o amor  impossível,
Aguça os sentidos como o valioso tinto:
De forma inebriante, profunda, inesquecível!...

8 comentários:

  1. Que lindo Ju. Que amor lindo este. Espero que este amor venha a brotar em ambos corações novamente. bjão

    ResponderExcluir
  2. Hoje meu filho está aniversariando, fiz uma homenagem para ele, quer compartilhar ela comigo?

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. ...olá lindeza!

    pelo visto este amor ainda está
    rendendo bons poemas!

    que o cupido não os abnadone jamais!

    bj, Ju querida!

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga, como é bom estar apaixonada, espero que continue assim por muito tempo. Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Amiga Ju, não tem como tornar esse amor impossível em algo possível? rsrsrs...é tão bom amar e ser correspondida! Mas há momentos que são marcantes não? Adoroooo suas poesias viu!
    bjo da sua amiga desenho animado! kkk...

    ResponderExcluir
  6. Hummmm... espero que seja uma amor novinho ju bjssss.

    ResponderExcluir
  7. já que não te acho no twitter te acompanho por aqui então.
    abrç.

    ResponderExcluir
  8. olá querida, vim ler suas linhas.
    vc escreve sempre muito bem, vê se não some.

    Um Beijo

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados