1 de ago de 2010

Não sou a mesma.

"Por que me prendes? Solta-me covarde!
Deus me deu por gaiola a imensidade: 
Não me roubes a minha liberdade... 
Quero voar! voar!..."
(Olavo Bilac) 


FOTO: minha
Escrito por Juliana Costa de Lira

Estou seguindo os passos que quero.
Eu abri os portões que me prendiam,
E sinceramente eu hoje, não espero
Que entendam o que não entendiam.

Eu  não sou aquela garota mais.
Em ‘pra sempre’, não  acredito,
E ainda que eu ouça os sinais,
Quem me garante não ser mito?

Estou escolhendo a minha curva.
Guiando os passos que eu mesma escolher.
E ainda que a visão esteja turva,
Minha vida eu mesma vou reger.

Eu não sou mais aquela garota,
Não são mais espaços limitados que eu fito,
Já não uso nenhum conta-gotas,
Hoje meus olhos miram o infinito.

Estou abrindo via - lácteas no horizonte,
Abrindo as asas para um voo a céu aberto,
Liderando minhas batalhas e indo ao fronte,
Almejando apenas o destino incerto...

Eu não sou mais a mesma.
Não sou aquela garota...

7 comentários:

  1. "Quero voar!Voar!..."

    Milhões de beijos a todos

    ResponderExcluir
  2. "Ainda que tu não seja mais a mesma,
    só não esqueça de carregar contigo o amor.
    Pois ele é que faz da Juh, tão diferente...
    que as vezes não sei se é 'Lua' ou 'Flor'..."

    Lindo poema Juh que você levante vôo então.
    Felicidades.
    Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  3. isso amiga querida...Vôa,,, e vôa alto.
    Não deixe que lhe aparem as asas...
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  4. Passando rapidinho só pra avisar que estou de volta.

    Senti tantas saudades.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. todos nós precisamos mudar, mudanças que talvez sejam pequenas mas que nos ajudam a amadurecer.
    ju, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Que bom ler isso Ju, fico tão feliz por vc! Me identifiquei com alguns trechos pq estou aprendendo a voar e me libertar de mim mesma, e tb já não sou mais a mesma do meu passado.

    ResponderExcluir
  7. Jujuuuu, eu ja te disse que amei o poema,
    então agora digo que amei a foto, sua lindona, eu vejo asas em você, por que não tenta voar? é assim mesmo, até os pássaros caem das árvores no começo.


    Beijão, Juju.

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados