7 de ago de 2010

Feliz dia, Pai!

 FOTO: Eu e minha  família, nosso pai ao centro
ESCRITO por Juliana Costa de Lira

Queria te falar das coisas que tenho feito, de como tenho me saído, sem o senhor aqui.
Falar-te que às vezes choro, sozinha (é ainda rs).Mas desde que o senhor se foi, choro de vazio, esse vazio profundo e desolador.Um vazio tão grande que absorve boa parte de mim...

Então fecho meus olhos e lembro-me de ti,de quando me pegava nos braços e se ria das porcarias que eu comia ou das bobagens que eu falava e então o senhor dizia: ‘Cuida da tua saúde, Jujú, a morte não escolhe idade, dia nem hora.'

Ela te escolheu, te escolheu!

E eu que nunca pensei, nem por um instante que o senhor fosse me deixar!Nem mesmo quando disseram pra mim, que não havia saída, que era questão de meses... Nem mesmo quando meu irmão me contou que o senhor já tinha ido. O senhor era imortal pra mim. E eu fiquei com tanta raiva, tanta raiva... Porque eu preciso tanto do senhor aqui!

Nada nunca mais foi igual!
Eu não consigo pai! Eu não consigo os fazer  ficarem juntos. Como o senhor conseguia?Mesmo eles dizendo que eu pareço com o senhor, mesmo me  esforçando muito e sendo a  única que se entende com todos, mesmo nunca brigando com nenhum deles. Não é a mesma coisa sem o senhor aqui!

O senhor tinha razão, é difícil manter  a família unida!Eu tento ter a sua calma. Acho até que tenho (pelas coisas que escuto e faço ouvido de mercador rsrsrs).Mas não tenho seu dom.É certo que onde eu estou estão todos em volta, e eu os faço rir! Nossa como eu os faço rir rsrsrs Mas falta àquela cálida ternura que nos fazia sentir um só, falta o senhor aqui...

Sabe? Eu voltei pra casa... E há  alguns dias sonhei com o senhor. Pedia para que eu cuidasse de Mainha, eu to tentando viu?Mas o senhor a conhece melhor que ninguém rsrsrs .Pai tudo mudou pra mim, tanta coisa aconteceu...

O que nunca mudou, o que nunca mudará, é o fato de eu sentir tanto a tua falta, eu ainda preciso tanto de ti!Deus sabe... Por isso me recusei a acreditar. Mas já não sinto raiva. Como poderia? Eu sei no fundo do meu coração que o senhor não queria me deixar pra trás, eu sei que me queria ver crescer  (mas ainda sou uma criança rsrsrs)Eu quero ser sempre a tua menina, quero poder sempre voltar pros teus braços.

Queria te desejar feliz dia dos pais e dizer que: aprendi em 16 anos contigo o que não aprenderei pela eternidade com o universo inteiro. O senhor me forjou a tua imagem e sou mesmo bem filha do meu pai. Vou fazer com que se orgulhe de mim, que pena que o senhor nunca vai ver ou saber.

Mas eu sempre vou te amar, sempre! Mesmo quando minha alma se projetar ao infinito e eu começar a minha jornada de poeira celeste, mesmo que sobre um único átomo do meu ser. Eu vou te amar meu pai.Te amo, eu te amo! E sempre vou te amar...

E ainda que a dor seja insuportável e ninguém sabe o que é isso! Porque a dor é minha, é nossa... Eu me lembrarei de ti e falarei de ti para meus filhos um dia quando os tiver e para os filhos dos meus filhos e eles se orgulharão de serem parte de ti também. Eu não me esquecerei da tua voz, eu não me esquecerei do teu abraço, não hei de esquecer os teus ensinamentos, nunca!


Deus... Deus, por favor, não me deixe esquecer! Mantenha os sonhos, mantenha os sonhos, mantenha os sonhos...

8 comentários:

  1. Querida Jú, sofremos do mesmo mal, já nos os temos aqui para abraçá-los, beijá-los, dizer que os amamos...mas onde eles estiverem com certeza estão sentindo nossos pensamentos, nossa saudade...Lindo texto...Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Fiquei emocionada lendo sua carta a seu pai Ju, mas saiba que onde quer que ele esteja ele consegue sentir seu carinho, seu coração e perceber seus sentimentos e suas palavras viu? Acredite nisso, lembre sempre dele com carinho e alegria que ele está sempre com vc, te vendo!

    ResponderExcluir
  3. Emocionante homenagem a seu pai Ju.

    Perdi o meu á 5 anos, agora resta muitas saudades.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  4. Linda homenagem , Ju.
    Sei bem o que é isso: perdi minha mãe há 10 anos e dói como se fosse ontem.

    Mil beijos pra ti!!!

    ResponderExcluir
  5. É amiga e já se vão 18 anos...da partida do meu amigo e querido pai, hoje poderia ter escrito um texto no meu blog a respeito dele mas eusinto ele perto de mim todos os dias por isso neste dia tão especial o que faço e dizer bem alto aos berros (FELIZ DIAS DOS PAIS)...em memoria de Joel meu pai ele foi demais.

    ResponderExcluir
  6. Ai amiga, Deus foi bom para contigo, te deu um pai tão maravilhoso até teus 16. Ele ficou contigo o suficiente, o tempo que Deus permitiu para te educar e te fazer essa mulher que és hoje.


    Deus cuida dos teus sonhos. Porque os sonhos de Deus são maiores que os teus para a sua vida.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  7. Que bela homenagem, Juliana!! Muito emocionante!....parabéns!

    []s

    ResponderExcluir
  8. PAI E MÃE SÃO JÓIAS PRECIOSAS QUE CARREGAMOS DENTRO DO PEITO VIDA AFORA...

    UM BEIJO , JULIANA !

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados