9 de jul de 2010

Não mais canto.

"E se manchi tu
Io non so riperterle
E non riesco a dirle più"
  Laura Pausini

Escrito por Juliana Costa de Lira

Se houvesse uma única maneira de escrever
Seria feito!
Toda poesia e canção...
Seria feito!
Algo que fosse permitido,
 ser dito!
O universo repete silenciosamente:
Silêncio! Silêncio!
Que toda a vida segue.
Que tudo gira e segue.
Apenas a lua estática oferta uma única face.
Não mais canto...
Seguem-se os ritos do acaso.
Há apenas um pranto,
E dele ninguém faz caso.

16 comentários:

  1. ...fico encantada em ver como os poetas
    traduzem os sentimentos sem medo de
    expor suas dores, ou tbm suas alegrias.

    bj, linda poetisa!

    saudades...

    ResponderExcluir
  2. Querida Jú, lindo poema, linda música...Tenha um maravilhoso final de semana...Beijocas

    ResponderExcluir
  3. ...esse pranto que ninguem faz caso, parece conhecido, parece vivido...Versos Lindos, Menina LInda!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Que seu dia seja belo...

    Que tenha sorrisos, suspiros e abraços.
    Sinta pelo menos uma gota de alegria,
    Desfrute do caminho, conte os seus passos.
    Olhe o céu, as nuvens brancas
    Sinta o vento soprando o rosto
    Renove as velhas esperanças
    Prove novos sabores, um novo gosto.
    Distraia-se, não faça nada
    Pelo menos, um minuto esqueça
    Das vozes, dos sons, das estradas...
    Ore, por aquele que mereça.
    Se doe, de alma e coração
    Ou não, mas também não faça nada mau.
    Olhe nos olhos, deixe fluir a emoção
    Não perca, a paixão, pois o corpo é mortal.
    O que temos são apenas sentimentos,
    Vontades, desejos e sonhos.
    Vivemos de bons momentos,
    Fantasias, visões e planos.
    Mas de nada vale, se não temos um bom dia
    Pois a vida é a soma de cada um
    E na soma dos dias,
    o saldo positivo é o que tem de ficar.
    Então... que você tenha um ótimo dia,
    uma ótima vida !!

    (texto da net).

    Fim de semana de luz Ju.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Senti tristeza em suas palavras, está tudo bem?

    ResponderExcluir
  6. Menina,menina...Que belo poema de solidão escreve aqui. Tem alguns momentos na vida que ela é necessária. É quando o ego tem que servir a alma e não ao contrário. Esse silêncio,esse recolhimento nos ajuda a encontrar nosso eixo. É temporário,parece que ninguém faz caso,mas é puro engano. A alma faz! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga.

    Lembrei de uma música de Oswaldo Montenegro,
    A LISTA,
    enquanto lia este poema.
    Há palavras que nascidas da alma,
    dizem tanto de nós,
    mas se perdem muitas vezes
    nos olhos indiferentes
    do mundo.

    Dias de paz para ti.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Juliana!

    Um poema cheio de musicalidade... lindo!

    Bjs. e boa semana!

    ResponderExcluir
  9. Lindo
    Pelos caminhos da vida cheguei aqui...
    Vim conhecer o seu blog
    gostei e vou te seguir
    Q vc tenha uma linda noite
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nossa como soa e ressoa vem dentro de algum lugar vem caminhando junto com a alma mesmo em estradas em que há dúvidas entenda e ecomprenda sem há Amor!.. no Incompreensivel.

    Um abraço enorme e carinho por ti.

    ResponderExcluir
  11. Gostei do poema, é uma reflexão cheia de sensibilidade, um pouco triste e melancólica!...
    Estás triste? O teu poema consola tb alguma tristeza que me persegue.
    Dás-me uma dessas tuas imagens, com Reticências?
    Beijinhos,
    Manuela

    ResponderExcluir
  12. Uma palavra: belo.

    Pra quê dizer mais? Seria redundância!

    ResponderExcluir
  13. Oi, flor

    Estou cá pra te convidar para a blogagem coletiva: “Tempos de criança”, em virtude do aniversário de dois anos do meu blog. A intenção é narrar livremente imagens, memórias e impressões da infância, e no quanto isso foi importante para sua vida. Pode ser em poema ou prosa, como preferir...
    Quero comemorar em grande estilo com a participação de todos no dia 16 de Julho (sexta-feira) a partir das 9h00 da manhã. Muito obrigado, e espero sua confirmação até quinta para expor na minha página os endereços dos respectivos blogs integrantes.

    Abraços e beijos,
    Do menino-homem

    ResponderExcluir
  14. AMIGA QUE POEMA LINDO DE SE LER E RELER.NAVEGANDO NOS BLOGS EU ACABEI ACHANDO O SEU.AMEI TUDO POR AQUI.SEREI SUA SEGUIDORA.ÉS UMA POETISA LINDA!!!BEIJOS QUERIDAAAA!!!

    ResponderExcluir
  15. O silêncio, quando vem de nós é bom, mas quando nos é imposto, é triste. As lágrimas, geralmente lavam nossa alma. Um grande abraço, minha querida!

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados