1 de abr de 2010

Subjetivamente...

Escrito por Juliana Lira

Verto Canção.
Na mais pura Razão,
Da completa Emoção.
Total Incoerência!
Necessidade de aceitação...
Eterna Busca e
Encontro da Perda.
Sinônimo de Inconstância.
Sempre Menina e
Às vezes Mulher!
Tendo a alma nua,
Nos meus voos de ave,
Mas sendo apenas Lua...

*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`ღ* 
 
 
Participem da promoção :
Viaje na Leitura + My Agenda


11 comentários:

  1. Que bonito! Adoro ler seus versos inspirados.

    ResponderExcluir
  2. Seja lua seja ave, seja incongruencia ou seja você simplesmente em versos, tudo aqui é lindo.
    Bjos querida .
    Achocolatados!

    ResponderExcluir
  3. Desejo a vocês...
    Fruto do mato
    Cheiro de jardim
    Namoro no portão
    Domingo sem chuva
    Segunda sem mau humor
    Sábado com seu amor
    Filme do Carlitos
    Chope com amigos
    Crônica de Rubem Braga
    Viver sem inimigos
    Filme antigo na TV
    Ter uma pessoa especial
    E que ela goste de você
    Música de Tom com letra de Chico
    Frango caipira em pensão do interior
    Ouvir uma palavra amável
    Ter uma surpresa agradável
    Ver a Banda passar
    Noite de lua cheia
    Rever uma velha amizade
    Ter fé em Deus
    Não ter que ouvir a palavra não
    Nem nunca, nem jamais e adeus.
    Rir como criança
    Ouvir canto de passarinho.
    Sarar de resfriado
    Escrever um poema de Amor
    Que nunca será rasgado
    Formar um par ideal
    Tomar banho de cachoeira
    Pegar um bronzeado legal
    Aprender um nova canção
    Esperar alguém na estação
    Queijo com goiabada
    Pôr-do-Sol na roça
    Uma festa
    Um violão
    Uma seresta
    Recordar um amor antigo
    Ter um ombro sempre amigo
    Bater palmas de alegria
    Uma tarde amena
    Calçar um velho chinelo
    Sentar numa velha poltrona
    Tocar violão para alguém
    Ouvir a chuva no telhado
    Vinho branco
    Bolero de Ravel
    E muito carinho meu.

    (Carlos Drummond de Andrade)

    Feliz Páscoa.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  4. Bem sem duvida este poema é seu por que falar da Lua como vc fala...eu nunca vi ninguém fazer isso com tamanha emoção... Feliz Pascoa minha querida Juliana bjss milll

    ResponderExcluir
  5. Essa Ave e essa Lua, sempre em mudança de plumas e de fases.
    Mas a Vida é isso memso, não?


    Beijo e Feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  6. adoro vir aqui ler seus lindos versos! Participa da nova promoção do Viaje em parceria com o site My Agendanet também,e já chegou seu livro?

    Beijos;**

    ResponderExcluir
  7. Oi...Tudo bem?
    Muito beloo...Parabéns.

    abraços

    ResponderExcluir
  8. que lindo Juliana. menina que me encanta. amo ler seus escritos.. tens uma doçura que me faz bem.. linda noite..beijão

    ResponderExcluir
  9. Que lindo heim! Nada é incoerente aqui,tudo se encaixa nos teus poemas onde os versos se dão as mãos. Mulheres são lua mesmo,regidas pela emoção e usando a razão só quando convém rs...
    As palavras nunca fugirão de você, no máximo darão um breve passeio nessa lua linda.
    Belíssimo como tudo que você escreve. Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  10. Lindo amiga.
    Eu tb sempre na busca por me conhecer melhor e na junção da menina-mulher.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Desabafando
    Obrigada querida

    Sandra Botelho
    Vc que é linda!

    Pelos caminhos da vida.
    Amo esse texto do Drummond, desejo tudo isso a vc também

    Jose Antonio
    É acho que ninguém fala da Lua como eu, obrigada pelo carinho.

    Thais
    Tô participando já, quanto ao livro chegou sim, tenho que temandar a foto...

    Joéliton dos Santos
    Obrigada,Tava sumido...

    Maria Bonfá
    Que coisa linda Maria, sua palavras me tocam...

    Elaine Barnes
    Queria ter essa sua certeza aí minha querida...Mas as palavras as vezes somem, me sinto vazia sem elas...

    *Mi§§ §impatia*
    Missão difícil não é?

    Milhões de beijos a todos

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados