21 de abr de 2010

Desejaria...

Escrito por Juliana Lira

Desejaria que houvesse lugar no mundo
Em que se pusesse a repousar minh’alma cansada,
Das tristes amarguras que lhe puseram enfadada,
Do manto negro carregado e profundo.

Tremula os alicerces da minha existência
Ritos de angustia anunciam: ‘Que seja
A morte o descanso de quem assim veja,
Mas que não seja eu a manchar a consciência’.

Ah se houvesse esse lugar... Sei como seria...
Não haveria dolo, nem lembranças de dor
E até o sonho improvável na minha mão caberia.

Regado de beleza e de todos os sons de paz
 Por ser esse canto o berço do meu amor,
 Tudo que une e conjuga unir, lá se faz!...

15 comentários:

  1. um soneto à saudade, porque será que essa estranha saudade, efeitos da portugalidade, insiste em viver em nós, demasiadas vezes insisto em ter saudades do que não vivi, o que me parece de todo relacionada com esta espécie de LOUcura que habita em mim. beijos Juliana

    ResponderExcluir
  2. Quando encontrares este lugar, me mandas o endereço?


    Beijos, lindo texto.

    ResponderExcluir
  3. Quero ir pra lá...
    Querida que saudades...
    obrigado pelo carinho em meu blog viu?
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  4. Desejaria também um lugar assim!
    Para todos =)

    Beijo, Ju

    ResponderExcluir
  5. Será que existe esse lugar? Também quero ir pra lá! rsrsrs...

    ResponderExcluir
  6. ...
    Ah! menina Juliana.
    Eu desejo pra vc.
    Bjs.
    ...

    ResponderExcluir
  7. Que lindo!

    Preciso achar um lugar assim!

    bj

    ResponderExcluir
  8. Ah se houvesse esse lugar... minha alma cansada ja estaria la.

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  9. O paraíso e ele? combinação perfeita. se bem que pra mim ja bastaria te-lo, eu ja iria tá no paraiso. rs
    beijos.

    ResponderExcluir
  10. Voçê já parou para pensar que se não fosse a saudade nós...nem lembrariamos das coisas boas que vivemos e deixou um (que) de quero mais...então pare e pense ai se não fosse a bendita saudade.
    Amém.

    ResponderExcluir
  11. Um lindo poema, com uma construção inteligente e frases de contexto romantico, adoro isto o tio é um romantico irrecuperável, pronto joguei a toalha, não tenho mais jeito, sou um cara q deseja morrer romantico, adorei sua página, pra vc bjos, bjos e bjossssssssssssssss

    ResponderExcluir
  12. Oi linda! Tudo bem com você? Saudades demais viu! Li seus comentários lá nas guerreiras e não sabe o quanto gostaria que estivesse lá também.Obrigada por tanto carinho. Bem esse lugar descrito lindamente no seu poema tem que ser construido.Um lugar dentro do coração da gente. Enquanto ele não existir dentro não tem como existir fora. Amei! Também estou tentando construir o meu. Montão de bjs e abraços de ternura. Te gosto viu mocinha?!

    ResponderExcluir
  13. eita lugar magico ... beijo do gordo bom final de semana

    ResponderExcluir
  14. Respondendo...

    Lou Alma
    Acho que essa LOUcura habita em nós...

    Felina Mulher
    Faço melhor: mando te buscar! rsrs

    Sandra Botelho
    A saudade é recíproca e os agradecimentos também, porque vc Sandrinha é doce como os beijos achocolatados que nos deixa.

    Ana Cristina Cattete Quevedo
    Sim , sim.Mas que cada um tivesse o seu, porque há momentos que queremos está só nós e o paraíso...rsrs

    Desabafando
    Rapaz...Tô começando a achar que vou ganhar dinheiro fazendo excursões pra lá kkkkk

    Júlio Castellain
    Brigada querido!Só o fato de vc desejar já põe um pé meu lá.

    Déia
    Precisamos...

    Mahria
    Talvez exista, talvez exista...

    *Mi§§ §impatia*
    De fato!

    José Antonio
    Saudade é bom, não é ruim não.Ruim é não poder mata-la...

    wcastanheira
    Tio que coisa boa que o senhor apareceu por aqui!Volte Hein???E seja mil vezes bem vindo

    Elaine Barnes
    Ow Minha Flor...Impressionante como vc sempre tem a palavra certa o jeitinho certo...Te adoro tanto!Brigada por existir

    Seu gordo
    Pra ti também!!!

    Milhões de beijos a todos

    ResponderExcluir
  15. Lugar sem dor? eu não quero! Sem lembrar o que é dor? Eu não quero! como poderia saber o que é ser feliz sem saber o que é a dor? como poderia saborear um momento de felicidade e sê-lo de facto, nas mais pequenas coisas se não me pudesse lembrar do quanto a sorte me bateu á porta, desta vez?! Como poderia eu crescer sem dor? e eu quero crescer. afinal de contas a dor é sinal de que estamos vivos! haverá maior benção que essa? bendita dor! beijinho.. entrei ao acaso. GOSTEI! sinto a tua espiritualidade e vulnerabilidade à distância...

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados