19 de dez de 2009

Sobre a falta de palavras...

Texto por Juliana Lira




As vezes apenas não temos o que dizer, as vezes as palavras fogem de nós e corremos atrás delas, mas elas nos escapam.É nesse estágio que estou agora, sem palavras...Então vim aqui dizer que não abandonei o blog, nem tão pouco os amigos virtuais.Apenas realmente não tenho o que dizer.
Sabe quando o silêncio nos envolve e nós apenas queremos ficar quietinhos ouvindo ele?Estou quietinha agora, acalmando o meu coração, entendendo as diversas mudanças que esse ano trouxe pra minha vida sempre tão correta e certinha. E tentando vê para onde devo ir de agora em diante.De tempos em tempos a vida faz isso, quando achamos que tudo está bem e seguro ela muda tudo.E eu no auge dos meus 25 anos ainda estou me acostumando com isso.
Já disse o poeta: “No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho...”Agora fico apenas parada olhando pra pedra e pensando o que eu vou fazer com ela. Eu desvio dela?Eu tento tira-la do meio?Eu deito nela e tiro um cochilo?
O que eu faço com uma pedra no meio do caminho, se nem o Drummond  soube o que fazer?
Esse ano Perdi o chão!Decepcionei-me com pessoas indecepcionáveis ( pelo menos era assim que eu cria), fiz coisas das quais me arrependo, decepcionei pessoas, perdi amigos, perdi sonhos, perdi o rumo, perdi convicções tão arraigadas em mim que me espantei em como de repente elas não eram mais nada!Sofri horrores, entrei em depressão, chorei, me senti inútil para esse mundo, quis afastar todos que amo e que me amam, apenas pensando num caminho mais fácil.
Esqueci minhas responsabilidades, esqueci que existiam pessoas que de mim dependiam, pessoas que precisavam que eu seguisse adiante pra seguirem meus passos, esqueci que era exemplo e que devia continuar sendo exemplo. Pensei só em minha dor, e em como a vida era cruel, viver era difícil e eu era inútil...
Como eu fui tola!Como pude esquecer de que era líder e como tão não poderia pensar em mim, devia pensar naqueles que mesmo reclamando, mesmo me achando chata e dura continuavam  por perto seguindo a direção que eu indicava... Agora os vejo espalhados ainda mais perdidos que eu e sei que a culpa foi minha, porque não deveria tê-los deixado...Não importa o quanto sofra um pai, uma mãe ( de verdade) nunca abandonam seus filhos, eles seguem mesmo com dor e fazem o melhor que podem, todo líder é meio que pai e mãe.
Agora eu entendo!Agora eu já sei o porquê de não saber para onde ir, é apenas porque já não tenho quem guiar... Acostumei-me a ser sombra, me acostumei que as necessidades de outros vinhessem antes das minhas, me acostumei que a minha vida tivesse sentido ajudando os outros a achar um sentido pra si.
Entendo agora que a minha vida não é pra mim, entendo agora que havia sim um propósito e muitas foram às coisas postas em minhas mãos pra eu fazer, mas eu as abandonei eu pensei só em mim!
E agora não tenho palavras pra explicar nada, não tenho animo pra escrever entendem?Não que esteja deprimida porque já não estou mais (graças a Deus), eu apenas estou ouvindo o silêncio, olhando pra maldita pedra na minha frente e olhando pras pessoas perdidas ao meu redor. Olhando e esperando, um sinal , uma resposta, um milagre!
Esperando, esperando e esperando...

6 comentários:

  1. Vi que seu ano não foi um dos melhores em sua vida, mas acredito que com tudo isso que vc passou serviu para alguma coisa, nada na vida da gente acontece por acaso, o que temos que passar as vezes vêm como uma lição de vida, um puxão de orelha para acordamos e vermos o que estamos fazendo de certo e onde estamos errando.
    Amaduremos tb com nossas quedas, com nossas perdas.

    Qto a essa pedra no seu caminho, Drumond não sabia o que fazer com ela, mas se fosse comigo chutaria ela pra bem longe.

    E as pessoas que vc disse que perdeu,quem sabe vc ainda possa tê-las de volta, não é mesmo?

    As palavras as vezes somem, deixa-nos sem saber o que falar, o que escrever, mas isso tb vai passar, tudo na vida passa, nada como um dia ápos o outro,ah... e o tempo cura tudo.

    Um gde abraço Ju.

    Bom domingo pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  2. Acho que o primeiro passo é o reconhecimento das falhas, não é?
    E esse passo voce já deu.

    Agora é pôr a mão na massa para concretizar seus sonhos e sair do buraquinho que voce se meteu :)

    Esperar somente é bom durante um tempo, para meditarmos e escolher novos e belos caminhos

    Que tudo se resolva para voce.
    Saiba que rezarei bastante para que haja paz em seu coração.

    Beijo!

    (PS: To sempre te lendo, mas acho que nunca comentei :) )

    ResponderExcluir
  3. "Concentre-se nos Gigantes - E você tropeçará.
    Concentre-se em Deus - E seus gigantes tropeçarão."

    Querida, de vez em quando Deus nos tira a poesia, olhamos pedra e vemos pedra mesmo. Mas tudo o que Ele faz é perfeito, até mesmo pôr uma pedra em nosso caminho. E nesse silêcio que você se encontra converse baixinho com Ele, peça perdão, uma nova chance... e te garanto que é tudo o que ele mais quer ouvir de você. O melhor ainda está por vir em sua vida. Eu creio piamente nisso.

    P.S

    Aproveito para divulgar a Primeira Promoção do meu blog.

    "Gostaria de presentear meus amigos, nessa Primeira Promoção do Blog Entretantas... Eu. Com dois "presentinhos" :

    1 - Uma Tela pintada a óleo 40 x 50 / feita por uma amiga particular. Que enfeitará sua casa.

    2 - Um Livro "Pão Diário vol 13" / Com mensagens diárias. Que enfeitará seu coração em 2010."

    Vá la e veja como participar.

    Beijos
    Mah

    ResponderExcluir
  4. "Agora eu já sei o porquê de não saber para onde ir, é apenas porque já não tenho quem guiar..."

    a palavra mora em você, ela está no seu riso, na lágrima, no seu gesto de ajuda com o outro... coisa que consegue comigo a cada poema-calor...

    beijos,
    e fica bem
    se não
    não fico...

    do seu homem-menino-de-você

    ResponderExcluir
  5. ” A alma é invisível,
    Um anjo é invisível,
    O vento é invisível,
    o pensamento é invisível, e,
    no entanto, com delicadeza,
    se pode enxergar a alma,
    se pode adivinhar o anjo,
    se pode sentir o vento,
    se pode mudar o mundo com alguns pensamentos.”

    Boas festas...

    Olavo.

    ResponderExcluir
  6. Sabe Juliana, quando a gente tem todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas.
    Acho que é isso que está acontecendo contigo. Vc tinha tudo no controle. Foi necessário que a sua vida se desmoronasse para que as coisas se organizem de outra forma.
    No meio do caos é que encontra a ordem. No meio do turbilhão é que se encontra a paz.
    Desejo que a sua noite de Natal seja regada de muito amor e paz. E que 2010 te traga novas descobertas e muitas conquistas.
    Eu postei uma mensagem de final de ano para os amigos e gostaria que passasse lá no meu cantinho para oferecê-la também a vc.
    Bjussss

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados