28 de out de 2009

Voltando ...


Texto por Juliana Lira

Ela se contorcia em choro e dor, ninguém sabia mais o que fazer. Mas ele sabia, ele sempre sabia o que fazer e como fazer.Ligaram para ele, avisaram que ela não estava bem, ele abriu a porta do quarto e a viu.
Ela disse o que já vinha dizendo para todos:
-Por favor, me deixem sozinha!Eu só quero ficar sozinha!
Ao que ele respondeu com o rosto tomado de preocupação.
-Juh! Por favor, amor, sou eu!
Levantando o rosto molhado de lágrimas ela o olhou dentro dos olhos.
-Você demorou, você demorou tanto...
E chorou, ele a abraçou forte.
-Me perdoe!Me perdoe por ter demorado, eu estou aqui agora e não vou a lugar nenhum.
Ao que ela repetiu.
-Você demorou, você demorou ...
Ela sentia-se tão culpada, culpada por chorar nos braços desse a dor que aquele havia lhe causado. Culpada por saber que as lágrimas dela poderiam fazer ele sofrer, se ele soubesse...
Mas em um fio de voz falou:
-Ta doendo tanto, tanto... Eu to sofrendo tanto!
-Meu amor, me perdoe, por favor...
-Não, não é você, a culpa não é sua.
-Sim!
O rosto dele estava retorcido e ela podia vê ali, bem ali naqueles olhos, a mesma dor que tinha nos seus.
- A culpa é minha sim!Eu não cuidei do seu coração, eu o deixei entrar, deixei ele entrar e fazer esse estrago, no seu coração, que é o meu coração!
Ela o olhou espantada!Deus!Ele sabia, ela não sabia como, mas ele sabia!
-Eu, eu...
-Não, não se preocupe com nada, eu vou pegar o seu coração de volta, eu vou consertar tudo. Prometo pra você!Confie em mim, sim?
-Eu confio, eu confio!

Esse era o mesmo homem que tantas vezes a tinha feito sorrir, o mesmo que tantas vezes a tinha salvo, o mesmo para quem ela prometera uma vez entregar para sempre seu coração, o mesmo que ela havia deixado...E que ele havia deixado ir! Por dizer que só uma coisa queria no mundo: a sua felicidade!Era nos braços desse homem que ela chorava a dor que outro havia causado.

E naquele momento, nos braços da única pessoa que a compreendia tanto quanto ela mesma e que a amava como nenhuma outra pessoa no mundo, ela ficou em paz, e finalmente sentiu-se voltando para casa.
Ela estava voltando para casa...

12 comentários:

  1. Desejo que vc continue sempre assim.

    Obrigada pelo seu carinho.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  2. Estamos na hora certa no momento certo, podemos até pensar que demorou mas talvez tenha sido preciso demorar, tudo na vida tem seu tempo, paz.

    ResponderExcluir
  3. Ju,

    Que bom que vc voltou... e melhor ainda: que bom que você tá bem!!!

    Beijinho saudoso!

    ResponderExcluir
  4. Vc que é maravilhosa! Obg pela visita! Dolu tu!
    Trilhões de bjos! (em triplo, não?).

    ResponderExcluir
  5. No fim, tudo acaba bem.Se não acabou é porque não chegou ao fim.
    Ta tudo bem então por aí né?
    Posso colocar então?: "E eles viveram felizes para sempre"
    THE END

    ResponderExcluir
  6. Ola!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Este post me fez lembrar uma Historia que eu conheço, real também.
    Por vezes é preciso errar, andar por caminhos difíceis para depois se dar valor ao que se deixou partir.
    Quanto a tua pergunta em meu blog,acredita em ti própria, pensa que a mãe natureza te esta a proteger se a protegeres a ela.
    A força positiva esta dentro de ti, podes a usar pra fazer uma vida maravilhosa.nunca deixes de acreditar naquilo que sonhas e desejas, e principalmente tenta fazer o melhor porque receberas 3 vezes mais....
    Mil beijos
    Rachel

    ResponderExcluir
  7. estamos junto, muita paz no seu coraçao, beijo do gordo ,estarei sempre aqui lendo suas escritas boa semana

    ResponderExcluir
  8. A dor éinevitável mas o sofrimento é opcional, bjs

    ResponderExcluir
  9. Bom dia...
    A palavra mágica que faltava nesta manhã
    e vem expressar à você, o maravilhoso amanhecer
    que lhe desejo, repleto de amor, prosperidade e paz...
    Hoje certamente, tudo dará certo,
    o seu caminho será suavizado pela brisa delicada,
    trazendo com ela o aroma das flores, que darão
    colorido ao seu dia.
    Tudo isso Deus coloca ao nosso alcance,
    para avaliarmos o magnífico presente
    de estarmos vivos e sobretudo podermos dizer:
    BOM DIA AMIGA!!!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  10. Essa é a minha história... totalmente... to bege... viajei agora sabia!

    Obrigada pelo carinho no meu niver pessoal, pq é tanto niver (niver de blog, de seguidor kkkkkk)
    e eu vou abrindo o caminho para vcs... fazer o que?!

    Bjinhos da Madrasta!

    ResponderExcluir
  11. Linda história de amor...muito gostoso o aconchego de voltar para a casa e para quem nos quer de verdade.

    Bela e tocante crônica...

    Um beijo!

    Sonia Regina.

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados