22 de set de 2009

Soneto da incapacidade de descreve-lo...



TEXTO Por Juliana Lira


Como se pudesse ao menos ousar
Encontrar alguma coisa que de algum jeito
Mesmo que de um modo imperfeito
Traduzisse em palavras o que não posso expressar

Como se outrora já não tivesse tentado
Dizer a mim , a ti e ao mundo
O quão precioso és e o quão profundo
Já estás no meu coração enraizado

Se até os Anjos ou qualquer reles mortal
E até mesmo o Sol é nada perto de ti
Torna-se uma comparação inferior e bestial

Acabo por aqui com essa frustração
De não encontrar nada no universo
Capaz de traduzir a minha adoração



(Um dia quem sabe ...)

7 comentários:

  1. Se você acredita que existe uma criatura tão grandiosa quanto tal!

    Eu também quero conhecê-la!

    rsrsrss!!

    Adorei a garrafa Juh...

    Você é ótima,
    adoro suas palavras,
    por isso és tanto para mim,
    significa muito,
    és rara, e especial!

    Te adoro Juh!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, as vezes a adoração é tanta, o amor é tamanho, q faltam palavras para descreve-lo!

    Admiro quem tem esse dom!

    Lindo post...e , aqui entre nós, ele é tão perfeito, que expressa exatamente a imensidão do teu sentimento!

    bj

    ResponderExcluir
  3. Belo post moça...é sempre bom dar uma lida no dia em seus texotos.
    Beijs

    ResponderExcluir
  4. Sempre esperamos por algo desse tipo,
    mesmo sem saber bem o que é,
    e o queremos tanto, e
    sonhamos tanto
    que o adoramos.

    Lindos seus versos, querida!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. ufa!
    é de arrepiar!
    e o que não define é sagrado...

    beijos,
    do todo seu menino-homem.

    ResponderExcluir
  6. nossa q sentimento mais forte... lindas palavras,, bjks

    ResponderExcluir
  7. POETISA LINDA!
    QUANDO O DESEJO NASCE NO CORAÇÃO...
    HÁ DE SE ENTREGAR A ELE E LUTAR POR ELE
    COM A CERTEZA DE REALIZÁ-LO. SE VOCÊ
    DESEJA DO FUNDO DA ALMA, NADA SERÁ
    IMPOSSÍVEL ABAIXO DOS CÉUS...

    UM BEIJO EM SEU LINDO CORAÇÃO...

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados