12 de set de 2009

Pacto dos astros



Texto Por Juliana Lira

Quando no eclispe sol e lua se encontram
Fazendo magia de toda desilusão e dor
Zombando dos mortais e de seu desamor
E entendendo os minstérios que os encatam

Descobrem que juntos são baluarte
E um choro em suas almas fica preso
Com o brilho que mesmo na dor segue ileso
E forma no universo luz e arte

Vejo o sangue na face da lua
E o Sol que se cobre de carmim
Como um pacto de sangue que flutua

A promessa de findar muralhas e guerras
Girando em torno de meia duzia anos -luz
Se nada mais os prender à terra


8 comentários:

  1. *-* eu vi tu fazendo esse poema tia .
    gostei (HH³

    ResponderExcluir
  2. Deus!

    Os astros brincando de amar,
    os olhos jogados pelo imensidão,
    promessas e esperanças,
    tratos e pactos,
    o sangue!
    A magia!

    Quando o sentimento maior e puro flui,
    quando brincam com as suas vontades,
    quando sentem e sabem exatamente quem e como são!

    O que pode nascer de tamanha imensidão?
    O que se esperar de um pacto celeste,
    dos astros maiores?

    Amor, muito amor!

    ResponderExcluir
  3. Que beleza de poema em Juh,
    você tem o dom na ponta dos dedos!


    Amei, adoro-te!

    ResponderExcluir
  4. OLÁ...ESTOU INICIANDO MAIS UM BLOG..
    TE CONVIDO A PARTICIPAR E A ME SEGUIRRR..
    ENTRE NO MEU BLOG E VEJA MAIS DETALHES..

    TE DESEJO UMA SEMANA CHEIA DE PAZ, AMOR E PROSPERIDADE!!!
    ABRAÇOS!!!

    ResponderExcluir
  5. HUUMM...ESTOU VENDO QUE VOCÊ É JORNALISTA...QUE LEGAL!!!
    ANO QUE VEM QUERO ME FORMAR EM JORNALISMO.

    VOCÊ TEM ALGUMA COISA AI SOBRE JORNALISMO?
    PODERIA ME PASSAR POR E-MAIL, CASO TENHA?
    QUERO SABER TUDO SOBRE ESTA PROFISSÃO;
    MEU MSN: di.antedotrono@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. como ela consegue ser tão mágica... falar de sol e lua assim surpreendente...

    estou feliz por isso,
    e te quero sempre e muito...

    beijos afagos,
    do todo teu menino-homem.

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados