31 de jul de 2009

Sobre o tempo...

TEXTO:Por Juliana Lira

Há alguns anos lembro-me do meu pai gritando: “Juliana levante- se ou chegará atrasada para a escola!” E eu dizia:“Painho deixa eu dormir só mais cinco minutos”. Cinco minutos...Parece nada não é ? Mas para mim aqueles cinco minutos eram tudo naquele momento.


O tempo é um grande parasita que vai corroendo tudo ao redor. Não costumam dizer: que o tempo cura tudo, leva tudo, e que se o tempo não puder sarar suas feridas, faze-lo esquecer aquele grande amor e levar toda sua juventude no caminho, então meu bem você não é mortal?


Ele age sempre seguindo uma lógica cronológica incorruptível, não importa que você precise que ele ande rápido, ou que a sua vida dependa de que ele seja mais lento hoje, o tempo não vai parar por você, não vai se adiantar por você, ele não está nem aí pros seus dilemas pessoais, suas crises existenciais...


Algumas vezes ele pode salvar outras atrapalhar... eu mesma já me peguei com ele várias vezes, já torci para que corresse ou que engatinhasse, já briguei com ele até que decidi ignora-lo definitivamente! Mas desde que você surgiu mudando tudo de lugar, movendo tudo ao redor, tentando invadir portas sem nem ao menos querer... Tenho implorado pra que dessa vez o tempo fique estático.


Ele poderia simplesmente esquecer de nós, poderia não ser contado nos segundos que estamos juntos, poderia...

Engraçado é que esse parasita só faz o contrário do que peço. Não é então que quando estamos juntos ele voa, passa tão rápido que nem percebo? Mas quando estamos longe (como agora) quando não sei de você, da sua vida, de sua musica suave, olho pro relógio e vejo cada segundo passando como se demorasse uma eternidade?


Cada segundo tem sido um desolador aviso, e se eu ignorei todos os outros... o tempo certamente é um aviso que não se permite ignorar.

O tempo é implacável!

2 comentários:

  1. Como eu o deio o tempo,
    as considerações sobre ele,
    o tornam tão grande,
    não espero nada do tempo,
    só espero que ele me deixe em paz
    mas nem isso ele faz!

    Amo a vida, e o tempo me arremata ela...

    Você me encanta quando canta...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  2. O tempo desgasta as energias, acaba com os sonhos...Por isso aproveite. O tempo cura feridas e faz esquecer. Quero curar, mas esquecer jamais. Belo texto! Beijo

    ResponderExcluir

Me conta tua impressão sobre o que leu, que eu te conto o que tua impressão me causou.

Posts Relacionados