23 de ago de 2017

Das sobras


Nasci sem encanto.
Sobrou-me adeus.
Faltou-me aceitação.
Restou-me o pranto.

Nasci sem chão,
Sobrou-me o céu.
Faltou-me o ninho,

Sobrou-me a imensidão...

Nasci sem nada.
Sobrou-me vazios,
Despedidas a luz da lua,
E o silêncio da madrugada.


8 de ago de 2017

Vagantes no escuro

"Injustos fazem leis e o que resta a vocês?
Escolher qual veneno te mata"
                                                  
Não sei o que escrever porque o mundo tá muito errado. Tudo está confuso, louco e deturpado. Amar é algo escuso, mas mentir e oprimir é aceitável.
Não consigo escrever porque há muita desesperança nas minhas palavras, são tempos difíceis para o Brasil, são tempos difíceis para o mundo, “são tempos difíceis para os sonhadores”.
Eu não acho palavras que expressem o quanto a escuridão nos absolve, sei que havia flores em algum lugar e música, mas mal ouço a minha voz.
Então as palavras faltam, faltam os sonhos, faltam as forças. O mundo está estranho de um jeito cruel. As pessoas são mais secas que a aridez do deserto, os poderosos nos oprimem, os gananciosos roubam nossas forças...
Não há justiça, não há heróis, não há poesia. O medo alimenta nossos dias e a fome e a sede de algo verdadeiro e belo nos consome dia e noite. Estamos vagando no escuro.

Pai, ajuda, eu tenho medo do escuro, eu fiquei sozinha na estrada. Sozinha e amedrontada. 


18 de jun de 2017

Preces


Que Deus também ouça as minhas preces
Mesmo quando eu falar baixinho.
Mesmo quando eu nem conseguir falar.
Que Ele me proteja dos maus olhos
Sempre voltados para mim,
E que Ele me ame, apesar de ser eu,

Ou principalmente por ser eu. 

8 de jun de 2017

Ando falando pouco


Palavras me faltam
Talvez por ter morrido tantas vezes,
[Morremos muitas vezes na vida]
E as partes que sobreviveram não se encaixam,
Se estilhaçam em versos soltos.
E calam-me os calos,  doem-me as dores.
É... Ando falando pouco.
Talvez por não ter ouvidos que ouçam,
Os símbolos sonoros que se paralisam no ar.
E eu já não sei responder
Em que parte desse vasto mundo
 Uma ave de asa quebrada deve pousar...


7 de jun de 2017

Toda escuridão é falta


Que o amor seja como as estrelas
Que permanecem iluminando as nossas vidas
Mesmo quando já não estão mais lá.