18 de jun de 2017

Preces


Que Deus também ouça as minhas preces
Mesmo quando eu falar baixinho.
Mesmo quando eu nem conseguir falar.
Que Ele me proteja dos maus olhos
Sempre voltados para mim,
E que Ele me ame, apesar de ser eu,

Ou principalmente por ser eu. 

8 de jun de 2017

Ando falando pouco


Palavras me faltam
Talvez por ter morrido tantas vezes,
[Morremos muitas vezes na vida]
E as partes que sobreviveram não se encaixam,
Se estilhaçam em versos soltos.
E calam-me os calos,  doem-me as dores.
É... Ando falando pouco.
Talvez por não ter ouvidos que ouçam,
Os símbolos sonoros que se paralisam no ar.
E eu já não sei responder
Em que parte desse vasto mundo
 Uma ave de asa quebrada deve pousar...


7 de jun de 2017

Toda escuridão é falta


Que o amor seja como as estrelas
Que permanecem iluminando as nossas vidas
Mesmo quando já não estão mais lá.

4 de jun de 2017

Braços e abraços

Toda  dor do mundo
Cabe em um frasco de linamarina
Cabe nos olhos daquela menina
Cabe no silêncio profundo
E naquele abraço de adeus
Cabe nos braços de Deus... 

1 de jun de 2017

Permanecendo

A chuva leva embora o que não pode ficar.
Eu permaneço.
Sou a metade poesia que a água não levou.
Sou inteiramente incompleta.
O grito abafado no escuro.
Mas permaneço!

Enquanto ouço a canção,
Enquanto tento existir.
Eu permaneço.